26 ene. 2009

O Dia Internacional de Lembrança das Vítimas do Holocausto

"Recorda os dias do passado,lembra-os de geração em geração". Devarim

Dia 27 de Janeiro: O Dia Internacional de Lembrança das Vítimas do Holocausto

O extermínio dos judeus cometido pelos nazistas na Segunda Guerra Mundial não pode ser apagado da memória mundial. O Dia Internacional de Lembrança das Vítimas do Holocausto lembra o extermínio de milhões de judeus e outros grupos pelo regime nazista. A celebração é realizada oficialmente em 27 de janeiro, data da libertação dos prisioneiros do campo de concentração nazista de Auschwitz-Birkenau, no sul da Polônia, em 1945.

Ao mesmo tempo em que criticado e desclassificado quanto a não 'compreender' o conflito ultimo, num erro de ataques pessoais sem qualquer questionamento e tambem notas estabanadas de seu partido ,o presidente Lula estará na cerimônia do Dia de Lembrança das Vítimas do Holocausto, na terça-feira 27/1, na Sinagoga Beit Yaacov (Safra) em SP.

O presidente provavelmente falará sobre a questão do holocausto e a constante necessidade de tornar possível a construção de um país mais pacífico, com cada um contribuindo com pequenos gestos no dia-a-dia e acreditando na utopia da paz, acrescentando que o Brasil é um país de indole pacífica e tolerante.

Não e exclusividade de Lula, mas cabe ressaltar que o presidente este ano tem a obrigação de combater ao incêndio sobre o episodio nota do PT sobre a incursão do Tzahal a Gaza . A nota , bem sabemos nós do mesmo partido não teve como responsável o presidente da Republica, bem como o mesmo provavelmente fez em urgentemente reunir outros dirigentes e petistas influentes para fazerem a correção quanto a primeira nota do partido.

Como tratei inicialmente, é tão perigoso querer rotular a torto e a direito e acusar sem saber de questões internas quanto da mesma forma que em notas oficiais reducionistas de um Partido como o PT ,pelo que representa e por sua história, resumir questões complexas a uma rotulação absurda e vulgar como no uso na primeira nota de termos como ‘holocausto’ e ‘estado terrorista’ e ‘genocídio’ ao tratar da questão Gaza.

O próprio PT foi o único partido do Brasil que teve uma ala judaica exclusiva para tratar de questões referentes ao oriente médio. Bem como em outras ocasiões e recentemente nesta tanto o radicalismo com a macula de inventá-lo como PT anti-semita,ao que sobrou um radicalismo tamanho em relação ao Governo quanto a sua relação com os palestinos. Enquanto uns o taxavam de ‘anti semita’ em uma ‘deferência’ a Israel, por outros o governo foi acusado de ‘insultar’ o povo palestino com suas declarações, as mesmas declarações que também quiseram torna –lo ‘anti judaico’.

No que vemos que o que houve foi um conflito epistemico e com usos também políticos sem qualquer atenção quanto ao contexto . A frase que ainda na segunda semana deste mês de janeiro o presidente dissera “... para ver se a gente encontra um jeito para aquele povo parar de se matar e parar de se violentar" repercutiu no seguinte comentário, o de que como se não houvesse ocupação e massacre permanente de um povo há sessenta anos. Chegaram ao cumulo de dizer que a posição do governo brasileiro é objetivamente de cobertura de Israel e de justificativa do ataque. E que sua proposta , a de uma conferencia internacional para “apartar a briga” , era de fato a criação de um grupo de amigos de Israel , isto por que tinham o desejo de que Lula fizessem como o presidente do Equador fez , o de expulsar o embaixador israelense de seu pais . E ainda criticaram o acordo comercial brasileiro com Israel.

Sempre acusam o governo. Se este agisse de modo irresponsável frente a grandeza de nosso pais, estaríamos ferrados. Falo isto como judeu e como mero proletário tupiniquim. Mesmo após ironias, acato ao “Lula paz e amor!’

Leia também:

http://vidasmarranas.blogspot.com/2009/01/ministro-do-meio-ambiente-minco-pt-e.html

http://vidasmarranas.blogspot.com/2009/01/sobre-nota-oficial-do-pt-x-outra-nota.html

http://vidasmarranas.blogspot.com/2009/01/ministro-tarso-genro-garante-segurana.html

http://vidasmarranas.blogspot.com/2009/01/ainda-sobre-o-hamasto-gaza-e-ao-do.html

http://vidasmarranas.blogspot.com/2009/01/em-defesa-de-israel-idf-e-o.html

4 comentarios:

Anónimo dijo...

Quero fazer algumas contribuições.Só não sei como recebo por email suas matérias :)
Você é de onde?

DIA MUNDIAL EM MEMÓRIA DAS VÍTIMAS DO HOLOCAUSTO

O dia do Holocausto
*CARLOS HEITOR CONY

RIO DE JANEIRO - Na última terça-feira, e por decisão da ONU, foi comemorado o Dia do Holocausto, uma celebração que toca a fundo não apenas aos judeus, vítimas da barbárie, mas a toda a humanidade. Há extensa literatura sobre o assunto, depoimentos de vítimas, algumas ainda sobreviventes. Conheci pelo menos umas cinco ou seis pessoas que ainda trazem no braço a marca dos campos de concentração.

Há fotos e filmes suficientes, além de documentos oficiais do regime nazista, que comprovam a insanidade da tentativa de exterminar os judeus da face da Terra. E há, sobretudo, o livro que Hitler escreveu na prisão, antes de tomar o poder e depois do fracassado "putsch" na cervejaria em Munique.

Neste livro, com brutal sinceridade, o autor anuncia tudo o que faria se chegasse ao poder. No varejo diplomático, Hitler mentia muito, mas o núcleo de seu pensamento (e de sua personalidade) está explícito sem subterfúgios naquilo que ele chamou de "Minha Luta". O ódio ao judeu é exposto em quase todas as páginas. Em sua demência racial, ele tinha um nojo físico por aqueles que não eram arianos.

No caso dos judeus, havia ainda o ressentimento econômico e cultural, que mais tarde desembocaria na "solução final" -o genocídio compacto e sistemático de milhões de seres humanos. Recorrentemente aparecem movimentos que negam o Holocausto. O último deles foi o de um bispo da igreja anterior a do Concílio Vaticano 2º, que, não se sabe como, afirmou que os mortos do extermínio em massa não foram seis milhões de judeus, mas "apenas" 300 mil. É evidente que números redondos podem ser contestados, mas há registros fidedignos que chegam a 5.933.000 vítimas em diversos países dominados pelo nazismo. Foi a pior mancha na história da humanidade.

*Publicado na Folha de São Paulo.



Marcela.

Anónimo dijo...

Um pouco mais..´.

Preservar para não mais acontecer!

CULTURA JUDAICA


Na década de 30, um chassid (seguidor) do movimento Lubavitch, Rabi Menachem Mendel Futerfas, saiu da prisão na Sibéria, após 20 anos de detenção, pelo simples fato de ser judeu e ensinar a Torah na clandestinidade para jovens alunos.
Após sua libertação, Futerfass definiu com maestria a fórmula para sua sobrevivência : “ Quando um ser humano perde dinheiro, é como se não tivesse perdido nada, pois o dinheiro vai e volta. Quando perde a saúde, é como se tivesse perdido 50% da vida. Quando perde a esperança, é como se estivesse morto !”. Esta é a verdadeira origem de um ensinamento tão útil para os nossos dias.


O conflito em Gaza reascendeu um sentimento anti-semita em várias partes do mundo. Na verdade, este sentimento sempre existiu, estando apenas adormecido à espera de um motivo qualquer para despertar.

O anti-semitismo moderno aparece travestido de anti-sionismo, mas suas raízes são as mesmas que provocaram os massacres de judeus nas Cruzadas, Inquisição, pogroms e Holocausto: ódio aos judeus!

Na Europa, a França tomou a liderança nos eventos anti-judaicos e, agora, a Venezuela demonstra o lado racista de seu governo, no ataque e degradação de uma sinagoga em sua capital.


Marcela Snjdmann

Anónimo dijo...

LULA PAZ E AMOR
O PRESIDENTE MAIS 'JUDEU' QUE TIVEMOS

TEM ORIGEM AGUERRIDA
NAO DESISTE NUNCA
FAZ MILAGRE EM MEIO A DIFICULDADES
E DISCRIMINADO POR SUA ORIGEM
TEM BOM HUMOR
E GENTE FINA
SABE FALAR COM TODOS OS GRUPOS
PENSA NO PROXIMO
E TEM UM MONTE DE JUDEUS EM SEU PARTIDO!

LULA TERCEIRO MANDATO JÁ!

Anónimo dijo...

curioso que estao acusando o lula de anti semitismo no de olho na midia

aquilo e uma pouca vergonha!voce deveria se manifestar contra aquela palhaçada !aquilo e uma baixaria pretensamente metida a ser o lugar de reflexao sobre o q a midia lança ao ar!