13 jun. 2009

Hora com versos (kamikaze)

Da janela vejo uma vela,iluminar alguém
Uma brisa, me avisa algo não vai bem
Com a menina, que na esquina faz uma oração
por quem chora e vai embora na escuridão...

Elegante, num instante foge do meu olhar
Onde mora, quem adora quando vai voltar.
Fantasias, filosofias,todo mundo tem
É uma cura ou quem procura lá no além

Penso nela, é tão bela com quem pede assim
É magia, energia,mutação, i-ching

Ela é linda e ainda carrega tanta fé
Feminina, mas lá na China seria um Mao-Tse
Uma Punk ou Dark, uma Joana D'Arc
Qual será sua cor que me deixa quase,
como um kamikaze, procurando amor

Um cigarro, me esbarro todo no colchão
Madrugada, barra pesada no (meu) coração
E la fora, a vida rola num filme sem replay
Hoje, amanhã vai ser um ontem prá esquecer, isso eu (já) sei

(Penso nela, é tão bela com quem pede assim
É magia, energia,mutação, i-ching)

No hay comentarios.: