28 dic. 2009

(Volvere)

(Depois do Sol ,é frio...Depois do sol)

Las imagenes y recuerdos de una tierra
Una larga caminada que en la ventana pasa
Veo los chicos en la calle
Las arboles en lo bosque
en un campo de lapides gris en que
hablo en soledad con alguien que no mas existe
Me gustaria aun asi apresentarla
Me gustaria compartir

Donde camine en soledad
donde tuve alguna felicidad
en los otonos tan frios
en los inviernos tan presentes
en la playa o arriba las montañas...
Donde siempre despues del Sol es tan frio

ellos no mas iban esperar
el tren
el vuelo
la balsa a partir
Hasta el horizonte alcanzar
Tengo una lagrima tonta
que dicen que tiene cara de sonrisa

los recuerdos y cenizas
las heridas que sangre
(cambiaran ahora las estaciones
pero cuando penso en alguien solo penso en usted
y asi quedo bien...)

no voy olvidar
mi silla vacia
mis abrazos de amigos inesquecibles
al amor volvindo
y asi se permitirme,deja me decir
'a tambien nuestra casa'

Pues se me dices que tu amor me esperara
tendre la luz que mi sendero se alumbrara...

Y volvere...
como una ave que retorna a su nidal
Y veras que pronto volvere y me quedare
por esta paz que siempre solo tu me das
que solo tu me das...

Y volvere...
(En tuz brazos ire caer)
Las estrellas brillaran...
(Lo dia renacera)
A Sil.

------------------------------------

Voy,
abandonar la muerte aun en vida en que hoy estaba
Rumbo al lugar donde esta angustia se disfaz
Y el veneno y la soledad cambiam de color

Voy,
Voy rumbo ,amor
Voy recuperar
la paz perdida y las ilusiones
No mas esperar venir la vida en mis manos
Soy la bestia y flor herida y voy luchar
Para al amor volver

Voy
y hago de un cuerpo de una mujer sendero y sol
Voy hacerla amante
Y que hace mi pecho errante
acreditar ,que amanecio...
Voy...

Voy, y de cuerpo entero meterse en tuyo amor
En esto momento ...que iba ser tuyo momento...
Y el mundo entero ibar ser tuyo...
tuyo..

Voy...
abandonar la muerte en vida en que estuve,ya
Al lugar donde esta angusta se disfaz,
Y el veneno y la soledd cambiam de color...
al amor...

Voy...
Voy indo amor...
Recuperar la paz perdida y las ilusiones
Y no voy mas esperar...
Voy...

-
Mirame en los ojos porque despues...
en breve estaremos otra vez
Donde antes solo brillo la soledad
Mirame en los ojos otra vez
En sus manitos todo se quedó
No mas ire volver en la soledad...

(...)
és dificil volar
miramos el lugar ,lo que debemos dejar
es aun mas dificil quedar
y en otro lugar la alma ya se encontrar

Estuve hoy en la manana
En una charla tan silenciosa
Me gustaria tenerte a mi lado
Hablar de cosas del mundo

Donde no quiero volver antes

Donde estoy
donde voy?
Es un cielo a atravesar
un mar en que navegar
Ya lejo estoy
es tan dificil de llegar...

Las horas quedan aun mas dificiles
Es una caminada de muchos años
y ahora puedo acreditar
pues alguien que en despedida en cada manaña
Quiza ahora donde podra discansar para aun mas luchar...
No te deje sen tus manos
No te deje sen tus manos

-

2010 é Dilma



Sem ufanismo barato, piegas e xenofobo,

Mas...e bom tirar o arroto da garganta...

Depois de criticas pessoais ao atual governo, ainda assim não vejo alternativa que seja mais pratica para um governo popular. E que a turma da 'tinha' costuma criticar como ' populista'.

Para um governo definitivamente para TODOS e não para uma minoria. 2010 donde esteja voto Dilma em 2010. Votaria Lula -de novo, e na cabeça deles. A Patualéia conservadora e entreguista vai chiar.Que chiem. Mas asco a escola de beneficencia, dos crianças esperança. Querem ver pobre,mas de longe. E sem incomoda-los em seus cargos e suas casas.E a corja da patronagem, desde Raizes do Brasil. E a corja do apadrinhar , ajudar por desencargo de consciencia -ou diria dar esmolas,para manter a conciliaçao entre classes. Para estes o self made man encobre seus anseios arraigados do Patrão X empregado. Doaçao/Assistencialismo e mantenençao do servilismo as classes mais baixas.


Dilma 2010. Por um pais em que a gente comum da terra, os sem nome, sem sangue azuis, possam usufruir da democracia de uma naçao que por quase 200 anos expurgou seus filhos , os que verdadeiramente deram seu suor e sangue por uma Republica de Bananas. Ao contrario do que a midia sem vergonha e ordinaria -cito Veja, Diogo Mainardi, Azevedinho e cia(A Corja) , a ralé em este atual governo tem cada vez mais participado das benesses de um sonhado Estado de Bem Estar Social... Não acredito em uma revoluçao. Talvez demore ou não venham em duzias de gerações. Mas e preciso mudança e continuar mudando, acabar com a velha cretinice do passado. As senzalas foram abertas ha mais de um século e precisamos de mudança,já.

E cotas neles! Inundar o serviço publico e Faculdades publicas com os filhos de José, de Maria, os descamisados . E ocupar espaços em que estão nossos nobres, os filhotes de papai, os bem nascidos e que adoram dar uma de intelectuais e fazerem os fazer bico .A turma do 'nojinho' e que ,se criticos,porque não escolhem Miami, Nova Iorque ou a Europa dita como berço da civilização.

Ta falado.

27 dic. 2009

Erau Zarzarii san Nfloriti. Uma Canção de Exílio

Erau zarzarii-nfloriti
Cand eram indragostiti
Of, of
Zarzarii s-au scuturat
Si-amandoi nu ne-am luat
Of of,
Ia la neica mere dulci
Of, of
Unde-oi sta sa le mananci
Sa-ti aduci neicuta aminte
De-ale noastre dulci cuvinte


Oh recuerdes de cuando estaba en amor
Los campos y lo cielos
(REcuerdas de mi)cuando tuvimos amor
Oh querida
dejo la tierra
Recuerda cuando los dos
Dejamos a incertitumbre abajo
(Solo esto que tenemos)

Reciba de mi lo que oferto
Esta manzana simples (casi dulce)
Oh querida,hagamos
(Mira)las ovejas en campo
Oh querida, dejo mi tierra
(Recuerde de)traer su nectar
Tienes lo mejor de los dos
Eres mejor que lo miel mas dulce...




volvere...

18 oct. 2009

A triste realidade da Educaçao na provincia/Estado do Rio de Janeiro

Carta Aberta a População Carta aberta a população do Estado do Rio de JaneiroVista a camisa da Educação!


Professores servidores do Estado do Rio de Janeiro, escreveram esta carta aberta à população do Rio de Janeiro para mostrar aquilo que realmente envolve a questão a incorporação da gratificação chamada Nova Escola e a diminuição do nosso plano de carreira. A princípio, não foi dito o valor do salário do professor estadual, que é de apenas R$ 607,26. (cerca de 340 dólares ou 1200 pesos argentinos em uma cidade e provincia de alto custo de vida e que com a especulaçao devido ao Rio2016 ja faz os preços de habitação ainda mais aumentarem!)


"A população deve imaginar que recebemos alguma ajuda extra, como vale transporte, vale refeição, que qualquer empresa é obrigada a pagar a seu funcionário. Porém, não é isso o que acontece: não recebemos estes benefícios que são direitos de todo o trabalhador e ainda temos o desconto previdenciário de 11%, recebendo um salário líquido de aproximadamente R$ 540,00 (Menos que 300 dólares!!!) "


O Governo faz propagandas na televisão dizendo que deu laptops para todo professor, mas na verdade, estes laptops foram adquiridos pelo sistema de comodato, ou seja, estes equipamentos são emprestados pelo governo que, quando bem entender, pode pedir os mesmos de volta. Atualmente, observamos a climatização das salas de aula, onde o Governo aluga os aparelhos e ainda terá um consumo absurdo de energia elétrica, gerando consumo de energia bastante elevado. A incorporação do Nova Escola se dará até 2015, em 7 parcelas. O governador já se considera reeleito.


Existem casos de professores que receberão, no ano que vem, segundo este projeto, um aumento de R$ 2,47! Isso mesmo, talvez não dê para pagar uma passagem com o valor deste aumento em 2010. Um outro ponto é o grande número de pedidos de exoneração de professores, estima-se que seja aproximadamente 30 por dia! Não existem condições de trabalho e isso nos incomoda. Contudo, o que mais nos deixa indignados, é a carta compromisso enviada aos nossos lares onde o mesmo governador empenha sua palavra e agora se esquece de tudo aquilo que prometeu. As promessas são:


Promessa 1- Reposição das perdas dos últimos 10 anos. Resultado- Reajuste de 4% e mais 8% de uma perda de mais de 70%.
Promessa 2- Manutenção do atual plano de carreira e inclusão dos professores de 40h. Resultado- Não só manteve o professor 40h de fora do plano como diminuiu as diferenças entre níveis de 12% para 7,5%.

Promessa 3- Fim da política da gratificação Nova Escola e incorporação do valor da gratificação ao piso salarial. Resultado- Esqueceu de avisar que seria em 7 anos e sem reposição da inflação.
Promessa 4- "A secretaria de Estado de Educação do meu governo terá como titular pessoa com histórico na área de educação e vínculos com o magistério." Resultado- A atual titular da pasta é da área de computação, burocrata sem passagem pelo magistério. Não somos ouvidos, e ainda vemos a imprensa nos virar as costas e distorcer a situação real. Somos pais e mães de família, que fizeram um curso superior, na esperança de um futuro melhor.


Contamos com a compreensão e a colaboração da população do Estado do Rio de Janeiro. Vista a camisa da Educação, você pode não ser professor, seu filho e sua família podem não precisar da Educação Pública, mas a nossa sociedade só vai melhorar com Educação Pública de qualidade
Faça a sua parte, essa será uma verdadeira mudança na história da Educação no Estado do Rio de Janeiro, porém precisamos adequar a verdadeira realidade do magistério Estadual. Mande para os seus contatos e vamos mostrar a nossa força!!!"


Agradecemos imensamente a atenção Professores do Estado do Rio de Janeiro

2 oct. 2009

Quem está por detrás do governo antissemita de Zelaya(Honduras)

Carissimos, erev tov, é Sucot chegando

Creio no tamanho da responsabilidade incurtida em vós com a finalidade de mostrar sempre materias sem ilaçoes ,sem panfletarismos e de modo coerente, verdadeiro (Em relação a mídia ishuviana).Espero que este texto seja repassado ainda que não tenha uma linguagem propriamente jornalistica. Mas deixo bem claro aqui a minha opinião, a de que pouco me interessa apoiar ou não o Sr.Zelaya, e sim a democracia - e o que o mesmo sofreu foi um golpe (ainda que haja os que tergiversan e inventam 'golpe democratico de Michelleti ao governo do senhor citado. Vivem a paparicar os 'Jabors' da vida). E fato é: o mesmo Zé bigodão de chapéu e com cara de latino brega tinha desde inicio de governo uma plataforma politica e tecnica de judeus. Ou ele é estupido o suficiente para confundir judeu com turco da birosca ou...estão querendo fazer uso politico quanto a uma porcaria de apoio que possa ser recebido de uma porcaria de radio Globo com um radialista tão burro ou igualmente sentindo se vitima de uma situaçao inimaginaria. Vale lembrar que durante a nossa ditadura tupiniquim, qualquer um que se manifestasse contra os gorilas militares- não precisava ler Marx, recitar o Livro Vermelho de Mao ,nada disto...bastava discordar em algo que...era oposição a ditadura. Vale lembrar inumeras dondocas 'revolucionarias nos anos 70' que nao entendiam de esquerda ,mas...por razoes morais ou na 'onda Che' eram contra o golpe dos 'nossos gorilas' sobre João Goulart.
/
Aqui condeno a maneira que parte da midia deixou se envenenar e deu espaço com claras intençoes partidarias de alguma maneira encontrar razão e chegar ao Brasil . Ridicula as ultimas materias em que chamam o Lula, 'o treif' nosso presidente , de antissemita! Ridiculo! muita baixaria ou cúmulo da burrice .E difamando em publico um individuo. Eu disse a alguns que investigaria e averiguei o teor da Radio Globo de Honduras. Curioso. É fato de poder contrapor a qualquer um menos desinformado e menos preguiçoso, a saber quem foi e o que foi o Governo 'Antissemita' de Zelaya, 'o dito Antissemita'de Tegucigalpa. A mim fica nitido que em seu governo -nada socialista, nada 'vermelho',nada de 'esquerda' e sim, democratico, com uma pimentinha a la maniera latina de querer protelar seu mandato -mas via pleito e não golpe como sofreu.Porém...no Brasil tiraram suas opinioes comuns e mesclaram em alguns espaços questões tão importantes nossas, de ishuv - 'opinião de comunidade' à vontades particulares e de linhas partidárias. E cometeram Lashom Hara em que ,num oportunismo amplamente vergonhoso divulgaram e eternizaram os 4,5 segundos de foto de Lula com o Ahmadinejad como fosse a aliança para o eixo do mal e a implementaçao do 'partido nazista do PT'. Alias, que se existe é incompetente pois ora, nao é verdade que o mesmo PT e seu chefe quadrilheiro e Chefe de Estado tupiniquim estão em apoiar o acordo de livre comercio com Israel e bem como tem muitos de seus assessores, ministros, e mais e mais cadeiras com gente da nossa propria comunidade,como nunca antes? É para tornar mais legitimo o 'antissemitismo' que então temos o governo com mais judeus em toda história de República?
/
Respeito a discordancia ideologica, pois vivemos todos em democracia e estamos em lutar por um pais e sociedade mais justas (assim prefiro cre-los,ainda que custe crer nisto pela maneira de agir) Porem, sem golpes baixos, sem insinuaçoes que pretendem tornar criveis aos mais desinformados .Por favor. Sejam de direita, mas não sejam reacionários. Vivemos numa democracia, e numa pluralidade de pensamento portanto não partidarizem nem a um lado nem a outro nossa comunidade. Tenham suas ideias,mas não sejam rasteiros. O Lula, o indiozinho Evo Morales ,e claro, o Chavez e qualquer outro destes caboclos e mestiços que podem irritar a qualquer um ,além de distintos entre os mesmos para coloca-los no mesmo balaio,podem ser ruins o suficiente que não lhes seja necessario inventar libelos e criar situaçoes de vitimismo e querer incentivar esta midiazinha piguiana que fomenta GOLPES e manchetes ridiculas.Somos inteligentes! não necessitamos disto. Se eu fosse da assessoria do Lula eu exigiria retrataçao imediata por parte de dado canal de midia ishuviana .E muito interesse partidário que fica visivel quando o oportunismo sequer é deixado de modo subliminar, e sim, escancaradamente.
/
Tenho medo de reacionário. Qualquer um. Seja de direita (ou de esquerda como muitos imbecis escatologicos do PSTU e alguns abobalhados que acham ainda estar na Russia Czarista).Reacionario não pode ser valorizado . Seja cristão, seja judeu ou seja não judeu (Seja o 'goym' ,seja quem for, ainda que façam em desclassificarem a quem pensa diferente de vós ). Sem golpismo vis, calunias vis, sem cometer lashon hara e alarmismo que ridicularizam quem verdadeiramente sofre com antissemitismo ou teve vitimas familiares em Treblinka, Subibor,Dachaw,...Ou mesmo daqueles que antecedentes passaram por algum 'pogrom' em mellah do começo do século passado, em que foram massacrados ou tiveram de migrar do Marrocos às terras tupiniquins. Sem a mania de querer hierarquizar o proprio pertencimento a nossa comunidade, pois 'temos todos o mesmo sangue vermelho'. Quanto a taxar a torto e a direito qualquer um de antissemita não é apenas boçal, 'e feio' .Sequer averiguar coisas de web que são repassadas e coladas a torto e a direito, pior que isto,é vulgarizar o termo antissemitismo. Muitos dos nossos devem estar se revirando nas Matzeivas com a tamanha vulgarizaçao daquilo que terrivelmente sofreram. E devem ainda ter engulhos com o tipo de aliados que querem deixar estar ao ladinho.


Viva a liberdade
E baixo ao vitimismo e golpismo baixo!
Somos uma comunidade pensanteo, não precisamos que vozes digam por nós!


Armando Aguiar.
/
*Por favor, a quem ja me insultou,não irei ao mesmo erro.Mas deveriam ser mais dignos e dizer vossos nomes.Sejam mais originais! Medo?A tese de vocês é a de que eu ,judeu, me torno goy ao pensar a minha maneira,é minimamente irrascivel.Devem estar loucos. Vós que tem a provar a vós mesmos quem sóis, fora o erro de querer 'torna judeu' ou aliado ,qualquer falastrão que faz em 'recortar e colar' e admirar os reacionarios contra progressistas ,cito Mainardi, Azevedo, o Philosofú do Olavo de Carvalho. Qual o critério deste 'Beit Din'? Estes aliados não desejo. Quero distancia.

Carta abierta del Presidente JOSE MANUEL ZELAYA ROSALES
en relación a la comunidad judía residente en Honduras
1/10/2009

Itongadol- Nombré como Secretario de Estado en los Despachos de la Presidencia , el que era mi mano derecha en el gobierno, YANNI BENJAMIN ROSENTHAL; quien me dio un fuerte apoyo en el manejo de los asuntos del sector de la Economía , este cercano colaborador me invitó a la ceremonia del Bat Mitzvah de su hija; así mismo nombré al señor LEO STARKMAN como Ministro de Inversión y en otra ocasión, Ministro de Energía, también nombré al Ingeniero MOISES STARKMAN como Ministro encargado del sector de los Bio-Combustibles, el cual recuerdo que en una ocasión me manifestó el sufrimiento de las personas judías en los campos de concentración de los Nazis, este cercano colaborador incluso me informo el significado de la expresión Shabat Shalom, saludo que usan los judíos para honrar su día sagrado de la semana. También, en mi gobierno nombré como Gerente General de la Empresa de Telecomunicaciones al señor JACOBO REGALADO WEITZEMBLUTH. clic


Respecto a algunas distorsiones de la información, efectuadas por algunos medios de comunicación, referentes a mi posición como Presidente con respecto a la comunidad judía, COMUNICO lo siguiente:

Sería oportuno consultar a los Secretarios de Estado de mi gabinete sobre estas acusaciones que me hacen de tener posiciones anti-semitas. Cuando el pueblo hondureño me eligió Presidente, recibí fuertes criticas de algunos anti-semitas, debido a que nombré, entre otras religiones, algunos muy talentosos y calificados hondureños practicantes del judaísmo, como miembros del Gabinete de Gobierno.

Nombré como Secretario de Estado en los Despachos de la Presidencia , el que era mi mano derecha en el gobierno, YANNI BENJAMIN ROSENTHAL; quien me dio un fuerte apoyo en el manejo de los asuntos del sector de la Economía , este cercano colaborador me invitó a la ceremonia del Bat Mitzvah de su hija; así mismo nombré al señor LEO STARKMAN como Ministro de Inversión y en otra ocasión, Ministro de Energía, también nombré al Ingeniero MOISES STARKMAN como Ministro encargado del sector de los Bio-Combustibles, el cual recuerdo que en una ocasión me manifestó el sufrimiento de las personas judías en los campos de concentración de los Nazis, este cercano colaborador incluso me informo el significado de la expresión Shabat Shalom, saludo que usan los judíos para honrar su día sagrado de la semana. También, en mi gobierno nombré como Gerente General de la Empresa de Telecomunicaciones al señor JACOBO REGALADO WEITZEMBLUTH.

Considero que todos debemos respetar las personas que tienen prácticas religiosas que son distintas a las nuestras. Yo como Católico Cristiano recibo mucha inspiración de los postulados de esta religión que practico, para la labor que tengo como presidente. Respeto profundamente las personas que practican otras religiones no sólo judíos sino también evangélicos. Vale mencionar que acaba de culminar el mes sagrado de Ramadan de la comunidad de los musulmanes y las personas Judías acaban de celebrar el día más sagrado de su fe, Yom Kippur, todos somos iguales, hondureños y hondureñas.

En las sociedades mucha gente se equivoca, incluyendo a algunos de mis opositores y también los que me apoyan, y caen víctimas del anti-semitismo. Yo rechazo todas las posturas anti-semitas y los ataques que instan a los hondureños y hondureñas a hacer lo mismo. Judíos Árabes, Orientales, Pueblos Indígenas, Garífunas, Negros y Misquitos, todos como hondureños y hondureñas han ayudado a construir esta nación, y si todo sale como espero, continuarán haciéndolo siempre.

Honduras está dividida por líneas políticas, pero nunca deberá estar dividida sobre la base de la libertad de religión. Todos somos hondureños y hondureñas y nuestro país sólo puede tener éxito con la participación equitativa de todos.

En mi condición de ser humano y como Presidente, hago un llamado a todos los hondureños y hondureñas para abstenerse de hacer comentarios antisemitas; o de cualquier otro tipo que implique discriminación; hoy al lograr mi retorno pacífico, por la Restitución de la Democracia Contra el Golpe de Estado hago un llamado al diálogo a todos los sectores, el Pueblo Hondureño tiene el apoyo de la comunidad internacional, hasta lograr restaurar la democracia.

29 de septiembre, 2009

José Manuel Zelaya Rosales
Presidente Constitucional de la República de Honduras

Sucot hasta 'Sil'

Ou la ' fiesta de las Cabañas,chozas' y una metafora hasta Varela


se la tercera y última delas tres festividades de peregrinaje, junto con Pesaj(pascoa judia) y shavuot(recibimiento de las leyes de Moisés).Esta fiesta tiene su connotación agrícola, y se una festividad histórica y dramatización de un momento de la marcha del pueblo hebreo por el desierto hacia la suya libertad. Esta festividad recuerda al vagabundeo en camino de la esclavitud a despues la liberación nacional y espiritual. En el desierto se creó la imagen espiritual del pueblo y allí recibió las leyes de la Torá.


Puede verse en la Sucá,choza, un símbolo de la existencia humana: expuesto a las contingencias de la intemperies he sido fuerte y perdurable. Es también un símbolo de la existencia en el seno de la naturaleza, de la inocencia, de la harmonía humana, de la lucha por una igualdad social. Se diría que la vida humana no la definen los edificios brillantes en los cuales muchos hombres pretenden tener, sino en el alma del hombre y mujer, laalma que ellos cultivan en su existencia. La verdad y la dicha están dentro del nosotros y no fuera . lo simbolismo de la sucá y simbolismo de “las cuatro especies” se corroboran recíprocamente, puesto que emergen del mismo plano ideal: la comunidade humana, la justicia y la igualdad.


Cuáles son los significados de la fiesta de Sucot?
1) La base nacional - la unión del pueblo: el precepto de la sucá nos vien a recordar un pasado en común, cuando el pueblo de Israel estaba en lo desierto caminando rumbo a Eretz Israel. En la fiesta de Sucot el pueblo de Israel subía hasta Jerusalén, centro espiritual del pueblo, para festejar la fiesta en esto lugar.

2) La alegría: La festividad es llamada por nuestros sabios de "época de alegría" (de la misma manera que la festividad de Pesaj es llamada de"época de liberación", y Shavuot - "época del recibimiento de las leyes").

3) La preocupación por la justicia social: En la festividad de Sucot se enfatiza la idea de igualdad social y cooperación de los diferentes niveles sociales.

4) Paz: el día de la sentencia. En Sucot sano sentenciadas (todas las criaturas desto mundo) y comenzamos una nueva etapa en la relación con las otras naciones, y la sucá es llamada "la sucá,la choza,cabaña de la paz": "y extiende sobre nosotros la sucá de la paz


Asi escribo,desde aqui hasta a quien,queda lejano,pero tan cerca de mi,adentro de mi.Escucha estas palabras. Tengo un pacto conmigo,por la tradicion.Tengo un pacto contigo,por lo que ensinas a mi, y por lo que siento por vos.No esteas solo en lluvia,y como estas chozas, simples,pero debis y al mismo tiempo fuertes porque abligaran por 40 años toda una gente en decadas de peregrinacion. Asi éres vos.Pensé en esta metafora,'la invitada y amada por D-os'.Ni la lluvia podrar derrumbarla,ni el Sol abrasador del desierto...

En la calle simple te encontré,el mundo más perfecto que miré,en Reino que antes perdi, ahora que solo no estamos,no tengo miedo del desierto o mismo del mar sin fin

Israel e seu acordo com o governo(antissemita?) do Brasil e Mercosul

Estou triste. Lamentável o que recebi da Bnai Brit Brasil. Israel entrando mesmo em acordo com governo antissemita! (Quero ver a cara dos reacionários de plantão.E ai que dizem?!?E a partidarização de setores que calam se a exemplos de açoes de judeus em alguns partidos,mas dão flashes e luzes a outros ou a apoiadores de determinados segmentos. É muito descaramento .A exemplo da ultima materia da "De olho na m.)

O mesmo governo cujo chefe de Estado apertou por 4,5 segundos as mãos do Ahmadinejad ,faz acordo de livre comerciocomochefe de Estado da grande republiqueta latina e seus parceiros de Mercosul, e com ... ISRAEL! Como disse o Ruivo, a ideologia perdeu-se o que manda agora é o mercado. E Não entendo porque as agencias judaicas argentinas, como a Eton Gadol e Radio Jai ao invés de aterem se a esta terrível foto largamente difundida pelo Rua judaica, pelo Alef, simplesmente não se importaram com esta e sim deram meia pagina dizendo que o fruto do mar ‘treif’ e antissemita-(e também por estas plagas chamado de burro,apedeuta, incivilizado,etc ) los hermanitos judios del sur o alcunharam de” exemplo de conciliador da paz para a America latina e aliado contra a influencia iraniana na America” .E tascaram foto do mesmo antissemita falando à comunidade... judaica! Pior ainda mesmo quando leio matéria em que outra agencia judaica latina –Alai , faz uso de parte do texto do vil Clovis Rossi que, mesmo sendo canalha, não pode omitir que ‘Lula’ –no mesmo dia da sensacional foto de 4,5 segundos com Ahmadinejad, retrucou diretamente ao mesmo sobre “É crime negar o Holocausto”. Aos mais espertos e só procurar no sitio particular do tal...(ou voltar ao próprio Alef e Rua Judaica em suas fontes)


Esses argentinos!!!mesmo sendo chaverim judios ,brincadeira não...Devem fazer isto de broma, troça pela tamanha incompetência do partido nazista do PT que de tão incompetente permite ,da assessoria -passando por porta vozes a ministros ,ter judeus em suas cadeiras. No Brasil não é pra levar nada a serio mesmo. Nem o antissemitismo de Estado.

E ainda tive de traduzir o que um amigo meu judeu argentino,Sr.Andrés - me comentou num bate papo-foi difícil entender,(e aceitar)mas ele (Argentino!) criticou a Veja, o Azevedinho ,e a corja de intelectualoides a qual andou sendo mencionada nos últimos emails acalourados em que aventavam sobre o antissemitismo no fruto do mar:


“O complexo de vira-latas que o Nelson Rodrigues de vocês dizia é exclusivo "dazelites" latinas (o apedeuta barbudo faz escola!), gente que se sente menor que os brancos civilizados do norte e melhores que os índios,mestiços e gaúchos ,reles latinos abaixo do Equador .Grande exemplo é o bordão :"eu não me ufano!" daqueles que não se orgulham de ser daqui [brasileiro-grifo meu], porque sentem se , sim,os verdadeiros e ‘civilizados’ colonizadores brancos.Uma vez mais estes hermanos...

-Andrés, debias dicer las mismas palabras al philoshofú de la porqueria llamada 'VEJA' e de los reacionarios,Sr Olavo de Carvalho. Un viejo bibelô que no conoce la realidad brasileña,destos imbecis,idiotas que jamás poneran los pies en barro,en una favela,..un burguesito enbroncado a la intelectual del aire acondicionado!y que no gusta de personas simples,tiene recelo ,miedo de 'los sucios'...

Vou tomar licença e postar o comentário de um amigo, ígualmente judeu,e historiador ,Sr Caraciki :

"o maniqueísmo não leva a nada. Se Lula apertou a mão do Sr .Mahmoud, isso em nada muda a estrutura internacional. No fim tudo cai pra economia, e se for assim, as empresas privadas israelenses que vendem equipamento de segurança pros Basij do Irã são antissemitas igualmente. Os EUA compram petróleo venezuelano, todo mundo consome produtos da China e a economia gira.

O caso de amor entre Brasil e Terceiro Mundo se resume no gelt que vazou do Centro na crise recente. E sem querer ser polemista, as relações entre Israel e Africa do Sul foram excelentes mesmo em meio ao apartheid, mas é fácil ser apologético e falar que era um problema do isolamento israelense na comunidade internacional (e os problemas morais ficam no gueto).

Não é porque um membro do governo falou mal de Israel que todos se tornam membros da Totenkopf, afinal, pode ser chocante, mas Israel tem alguns defeitos.

E indo aos dados: http://www.mfa/">http://www.mfa>. gov.il/MFA/ Templates/ Amanot.aspx? NRMODE=Published&NRNODEGUID={ 5F215993- CC42-421E- B74D-949AACCA4C9 C}&NRORIGINALURL= %2fMFA%2fTreatie s%2fIsrael% 2bBilateral% 2bagreements% 2f&NRCACHEHINT= Guest


Malditos antissemitas do Governo Lula que fazem todos esses acordos de cooperação economica com Israel. Os documentos devem estar todos timbrados com uma cruz gamada.
Chatimá tová"

Excerto de outro ishuviano Sr Ladvocat,Bacharel em Direito:


"(...) rotular Lula e seus pares como antissemita é de uma banalização tão torpe da gravíssima questão do antissemitismo que só pode colaborar com o empobrecimento da nossa reputação. Parece que esse discurso fácil e desrespeitoso para quem sofreu antissemitismo DE VERDADE (...)Talvez haja os que queiram tecer cortinas de fumaça sobre problemas sensivelmente mais graves de uma sociedade tal qual a brasileira, talvez muitos, a essa altura, estejam pegos no embalo de oportunistas tão mesquinhos que mais parecem Judenrat com sinal trocado. Esse tipo de demagogia barata é explorada de maneira tão vexaminosa que o antissemitisimo quando verdadeiramente acontece, não assusta mais ninguém. A demagogia de reacionários posando de amigos de judeus prejudica a credibilidade dos judeus sinceros ao redor do mundo."

1 oct. 2009

Elegia 5770 *calendário judaico

Elegia 5770 *calendário judaico (da ultima semana de setembro de 2009) -trechos

Carrego o peso do tempo
(...)Escutei de amigos,sem consultar livros
Nos campos de concentração em que seis milhões voltaram às cinzas
Enquanto ao lado o executor ,do calor do forno aproveitava o banho
Os bosques de Sobibor,os céus ,não se dobravam
O Zyklon B silenciou a tudo
Apenas chorou a mãe que ao filho pra sempre deixava
(...)Liberdade!Liberdade?
Após o sono? Após a morte ou após o exílio?

Quem muito caminha é porque está em busca
Porem que fazer se nos cegam
E extirpam as pernas?(...)

Carrego o peso do tempo
Nem posso dizer que passei por isto
(...)Não encontro em Auschwitz entre aqueles,(...)
Os meus estão entre o Gilbratar e o Atlas
(...)Perdidos em outras sendas ,em outros caminhos
Mas não passamos todos pelo Har Sinai juntos?

(...)Não me deixes
(...)Farei a viagem
Eu rumo
Vem junto comigo
Quisera fosse Strawberry Fields,sempre
Mas a vida é mais dura
(...)5770 anos
E um cansaço, e uma responsabilidade que sozinho não consigo
(...)De me suas mãos quando você voar
(...)Não quero ver os campos de Treblinka sozinho
Tampouco as sendas do deserto da qual saímos
Não quero sozinho sentir o cheiro de chifre
Este céu cheio cinza
E o sangue que ainda a terra verte
Serão outros quarenta anos
Quarenta anos a mais sem chegar a terra prometida
(...)As vezes todo se quebra
As vezes tudo se parte
Vejo apenas que meus mortos me visitam
E sem qualquer heroísmo
E eu ainda permaneço vivo
(...)O que me sorri e convida?
Não passei naqueles campos
Não encontrei tampouco na outra lista meu nome
Ao Sefer HaChaim, ao menos estarei presente?
Sem passaporte adentrarei a terra prometida?
(...)

Judeus na Amazônia- No Amapá

Vidas Marranas:Compósito subterfúgio de observação do mundo.Hasbará,Recordações e Narrativas do que fez-se em esquecimento.Alguma verdade ainda existe em porões do silêncio,câmaras soturnas nos quais não passou a Grande História.

Rosh HaShanah em Macapá – Amapá


Direto da galut na Amazonia Tupiniquim ,o Comitê Israelita do Amapá (CIAP) -exotico não?mas 'vizinhos' de nossa comunidade amazonense e paraense -reuniu em sua sede as famílias judaicas e amigos para comemoração de mais um Rosh Hashana.É noticia fresquinha chega do professor José Elarrat da Comunidade Kol Ivry(Em Rondonia). O clima foi de muita fraternidade, alegria e emoção. Macapá tem tradição judaica marroquina, como os descendentes dos primeiros judeus chegados no inicio do século passado, e hoje vemos florescer com muito entusiasmo, as novas gerações com grande dedicação ao judaísmo, as tradições e a comunidade judaica.

Mas a historia é ainda mais antiga. A presença judaica no Amapá se inicia já no séc XVIII após a revogaçao do edito que classificava os individuos do Imperio de Ultramar Portugues como cristãos velhos ou cristãos novos. Marques de Pombal então na década de 90 dos mil e oitocentos incentiva o povoamento da então extensão da colonia portuguesa na America por lusitanos ,sendo muitos desdes de origem judaica (os cristãos novos).Porém com o proprio processo de distincionamento entre os grupos tendo se acabado, a assimilaçao aos demais se daria,mas a historia judaica no territorio não teria seu fim

Com a independencia do Brasil e a consolidaçao do Imperio do Brasil,levas de imigrantes do norte da Africa ganham a região amazônica ,algo que será assomado pelo boom da borracha já no final do século XIV com a Republica Velha Brasileira. A presença judaica amapaense se deve assim, em episodios de exodos e refluxos dos poucos descendentes que ficariam pela região ou migrariam rumo aos maiores centros judaicos e urbanizados como Manaus e Belém.

Em Macapá há um cemitério israelita com mais de duas dezenas de metzeivot, motivo de estudo e publicações e livros especializados.Segundo o professor e linguista,homem zeloso pela comunidade Rondoniense, Sr.José Elarrat ,na semana anterior ao Rosh HaShanah, em que esteve em Macapa ,foi ministrado também um curso de Hebraico Básico (Kitah Alef) para alguns dos associados do pequenino ishuv.

Chatima Tová!

Ver fotos do evento em: http://www.100fila.com.br/kolivry/Pictures/cat.asp?iCat=899&iChannel=3&nChannel=Pictures

Semana que vem ponho no blog um artigo que estou finalizando sobre os Judeus do Amazonas


29 sep. 2009

Mah Lach Yalda?(Qué tienes nena -II ?)

(con correcion)
Agadot nirkamot baleilot,tziporim kvar namot vecholmot.
Charishi hu halailah ve'afel,kochavim milemalah gam sho'el:
Mah lach yalda,ma lach k'tanah, sil Gabay al mah at cholemet,ani gam cholem.

Sipurim nesaper baleilot,alatef et se'arech bishtei yadai
at beiti, at sheli, lo eshkach,yesh li ima k'tanah ve'otach.

hayanshuf od mapar et had'mamah charishi hu halailah ve'afel
kochavim milemalah gam shoel:
Gabri(como en aire,Sil)
Mah lach yalda...

Ma shelomkha ...
Bo iti...
Bo iti...
(disculpar por poner en publico y en tu lengua ,sé de mi autoria)
Los cuentos de hadas se tejen através de la noche
las aves ya están durmiendo y yo aun soñando.
en la noche está todo vacío y oscuro,
las estrellas allá arriba, estaré pidiendo mucho?

¿Qué tienes nena?que bello corazon
Aquella del nombre 'Sil',el angel 'Gabi' "la invitada por D-os"
estas soñando?Yo sueño mucho también...

Yo quiero escuchar historias en las noches,
Calarme y solo sentir el aroma de su pelo
Tu me acariciaba con sus manos
Tú eres mi casa,eres mía,no voy a olvidar,nunca
Yo sólo existo cuando pienso 'tú y yo'

Sé que hay muchos
Suerte daquel que tu permitir en tu corazón ...
Yo sólo quería un lugar,un poco…

¿Qué tienes nena?que tienes pequeña?Como estás?
estas soñando?Yo sueño mucho también
Boi iti-como el aire..'Sil'Boi iti...Boi iti...
Tener al menos o abrazo que no tuve
pero otros tienen tambien

Hivtachnu zeh lazo bareg'a shel chulshah
she'im zeh yigamer nigmor et zeh yafeh
ani yode'a ve'at yoda'at ki etmol ba'erev hayit shonah ...
Hitgaagati eleykha...
font>

me gustaria mucho dicer"Y todo quedara siempre biem,
pero en verdad sólo puedo dicer,prometimos mutuamente
el momento de debilidad nos ayudar
vamos a empezar,paso a paso
Yo sé y tú lo sabes

Esto corazon tan noble y quiza yo pida mucho tambien...
pero soño ayer,hoy,despues,en las noches,estaremos,
y todo más iba cambiar...

luchare por todo mismo a enfrentar el mar y al aire

mi vida sé facil cambiar
Te extraño y tengo conmigo...
Bo iti-como el aire..'Sil'
Bo iti...Bo iti...Sil como haz el viento en aire


Sil como el sonido que haz el viento

en mi ventana,muy templano ,en todos mis dias
(Venga conmigo)


Un sonido antigo:
Ahora que estás ausente
mi canto en la noche te leva.
Tu pelo tiene el aroma
de la lluvia sobre la tierra.

Y tu presencia en las viñas
doradas de luna se aleja,
hacia el corazón del vino
donde nace la primavera

Mojada de luz,en mi guitarra nochera
ciñendo voy a tu cintura encendida por las estrellas.

Quisiera volver a verte,
mirarme en tus ojos, quisiera
Robarte guitarra adentro
hacia el tiempo de la madera

Cuando esta te cante
en la noche, sola, recuerda,
mirando morir la luna,
cómo es larga y triste la ausencia...

24 sep. 2009

Honduras: A Democracia Grita por Socorro

Minha opinião sobre Honduras e o que ando lendo de reacionários até internamente do ISHUV:

Tem uns que barbarizam e dizem: Coisa de latino!Então...ótimo,que fazem aqui?mudem se para a Europa 'novos Mainardis'!

A patuléia de plantão já critica e mete o bedelho.Intelectuais de ar condicionado...O abrigo a Zelaya é o minimo de Direitos Humanos que não pode ser negado!Independente de sua posiçao politica se mais ou menos de esquerda ,pró Chavez ou a quem seja, pois seu governo em Honduras o foi Democratico com reais mudanças no campo e na mudança de salarios minimos(a concentraçao fundiaria é aviltante no pais,basta uma pesquisa.As medidas atingiram diretamente as multinacionais e os braços da United Fruit Co). E o que aconteceu foi um GOLPE! GOLPE DE ESTADO!

Não estou tornando o Zelaya um novo mártir brega e de chapéus ,pois não enxergo no mesmo um governo quiçá socialista,porém que de fato seja progressista. E aqui apenas friso sobre o mesmo ,porque defendo a DEMOCRACIA.Sempre existirao os inconformados com a atuaçao da politica brasileira, tal como mais outro, o Sr Lampreia, da epoca do Sr Fernando Nunca mais presidente Henrique Cardoso .Ate no facebook os mais reacionarios criaram espaços de acusaçoes.Estive pesquisando .Curioso que quando a si requerem direitos humanos...Que Bando!

Quanto a criticas em desqualificar uma democracia de facto por 'alianças de A a Z' passando por Ahmadinejad, poderiamos citar qualquer naçao do mundo em distintas situaçoes e ora ou não recebendo 'apoio' de França a Irã. Não devemos confundir o aperto de mãos do presidente Lula a um eixo de amizade ,como no caso ao Ahmadinejad .Respeito as mesmas criticas, mas devem ter ponderaçao ,pois, em inumeras situaçoes ,exemplo, dentro da propria comunidade judaica as vezes recebemos 'apoio' de individuos nescios e mesquinhos -falo do quadro politico nacional... Quantas vezes algum aproveitador sojeiro, alguns grandes exploradores de trabalhadores querem dar uma de bonzinho e aparecer em situaçoes 'anti isto', 'anti aquilo' e por assim, contra 'antissemitismo', contra 'etc e etc',mas por si, um apoio incoerente por suas demais atitudes em relaçao a sociedade.O que sempre interessa de fato é a urgencia da situaçao lá em Honduras e o golpe perpetrado, num achaque claro a democracia e ao minimo de respeitabilidade a direitos humanos. E a ridicularidade das criticas que desejam taxar o Lula de mais outro caudilho e pior:antissemita.Convenhamos, o governo com mais judeus em suas cadeiras.E gente respeitavel cabe citar Minc,Mantega, Tarso ,Jacques Wagner, Clara Ant e muitos mais. Tucanos de São Paulo e reacionarios cariocas não queiram cometer a barbaridade de partidarizar o ishuv.Somos o povo da critica e não deste condicionamento lisonjeiro e formador de libelos.

Com humor que escrevo o email, do contrario se desejarem deixo maiores dados sobre...Zelaya e tão pró Irã quanto o Irã tem a ver com o a Revolta da Papua Nova Guiné .Ou seja Nada!


Segue um otimo texto do Professor Robson Leite

Honduras: A Democracia Grita por SocorroPor Robson Leite (*)

A semana iniciou-se com as atenções voltadas para Honduras. É lá, naquele pequenino país latino-americano, que se desenrola um episódio dramático: derrubado por um golpe militar com o apoio da burguesia local, o presidente eleito, Manuel Zelaya, retornou ao país e encontra-se refugiado na embaixada brasileira.

Terceira economia mais pobre das Américas, Honduras vive hoje um processo muito conturbado. Desde o golpe contra Zelaya, em 28 de junho, a resistência das forças democráticas e movimentos sociais se choca diariamente com a repressão da junta golpista. O uso da força e o desprezo pelos direitos humanos são flagrantes. São várias as denúncias de tortura e de violência desproporcional. Só nesses últimos dois dias já morreram duas pessoas assassinadas pela polícia. Além disso, o cerco à embaixada brasileira inclui os cortes de luz, água e suprimentos na casa.
Neste contexto, é preciso destacar dois aspectos fundamentais. O primeiro é justamente a utilização de Honduras como “balão de ensaio” para novos ataques à democracia na América Latina. E o segundo é justamente a postura da diplomacia brasileira e do governo Lula, apesar da cobertura no mínimo negligente da “grande” imprensa brasileira.

Nos últimos anos, assistimos a vitórias em série de forças progressistas no nosso continente. Esse processo é diretamente responsável pelo inédito aumento da inclusão social, pelo fortalecimento da participação popular e pela mudança do eixo de relação dos países – da subordinação aos interesses dos EUA para uma positiva integração da América Latina e dos países do hemisfério sul. Além disso, como o professor Emir Sader escreveu em seu mais recente livro, é na América Latina que hoje se desenvolve o principal foco de resistência e superação do neoliberalismo no mundo. O que, obviamente, desagrada às oligarquias e ao grande capital.

O golpe em Honduras, no momento em que o presidente convocava um plebiscito popular para aferir se a população desejava uma reforma constitucional, precisa ser compreendido nesse contexto. Se bem sucedido, servirá de combustível para um sem número de iniciativas golpistas visando à derrota e o retrocesso das experiências progressistas em nosso continente. Sua denúncia, portanto, é fundamental para a consolidação da democracia e dos direitos humanos.

É importante também salientarmos a postura do presidente Lula. Em todos os momentos, Lula denunciou o governo golpista de Honduras, defendeu a legitimidade do presidente eleito Zelaya e furou o cerco das notícias dos jornalões e TVs brasileiros, em geral simpáticos ao golpe e distorcendo as informações. A política externa brasileira atua de forma decisiva neste processo, construindo ações importantes. A utilização de nossa embaixada pelos 313 refugiados que acompanham o presidente Zelaya é uma demonstração de que o Brasil de fato não reconhece o governo golpista.

Enquanto isso, a mídia empresarial brasileira se limita a uma cobertura tendenciosa e hipócrita. Na impossibilidade de esconder a violência dos golpistas, desvia o foco para questões artificiais, como se o mais importante fosse saber se o Lula tinha ou não conhecimento da intenção de Zelaya de retornar ao país, e não o fato de que a maioria da população está mobilizada contra o golpe. O compromisso seletivo com a democracia virou a marca de um jornalismo panfletário e anti-esquerda, que ignora os fatos na construção das suas opiniões. A alternativa para buscarmos informações é a internet, onde podemos ver com fartura de detalhes a truculência dos golpistas, que inclusive usam estádios de futebol como prisão de manifestantes, assumindo semelhanças dramáticas com o golpe chileno comandado por Pinochet.

Aguardamos atentamente o desfecho da crise hondurenha, torcendo por um desenlace favorável à democracia e ao povo. Mais do que nunca, precisamos manifestar nossa solidariedade ao presidente Zelaya e apoiar as iniciativas do governo Lula, para que à sombra das ditaduras militares, apoiadas pelos setores reacionários da sociedade, que macularam profundamente a história do nosso continente, permaneça uma página suja de sangue nos livros, e não se tornem novamente uma cruel realidade.
(*) Robson Leite é Professor Universitário,
Professor de Cultura e Cidadania do PVNC,
escritor e assessor de movimentos populares
.

18 sep. 2009

Ao som de Chopin,por Rubinstein op.28 n.20 in C Menor

Chopin Prelude op.28 - no.20 in C Minor por Rubinstein

http://www.youtube.com/watch?v=Jdso4VZok1E
assistam ao vídeo /escutem em : http://www.youtube.com/watch?v=Jdso4VZok1E
Visions prelude
Cold wind, sad moonrise
dark clouds in the sky
storm ends the mouring time
howling in the night
vision of the land
after the horid end
we build again from the start
holy lenient heart
A treasure of the land
torments have brought the end
we build again from the start
holy lenient heart
Visions come from the sea
oceans bring to me
i reach the sand with a kiss
treasures bristling from a bliss


*Paciencia
He estado caminando en las calles de noche
Difícil de ver con tantos alrededor,
Tú sabes que no me gusta
Estar parado en la multitud
Y las calles aca no cambian
Por esto me voy a las escaleras
Porque, si, te necesito todo este tiempo.
A veces estoy muy tenso
no puedo apurar lo tiempo,
sabes, que hay una cosa más por considerar.
Pero soño que las cosas serán buenas

Todo lo que necesitamos es un poco de paciencia.
Dije cariño, hazlo lento
Porque las luces están brillando tan fuerte
Me siento aquí en las escaleras
Porque preferiría estar solo
Si no puedo tenerte ahora
Esperaré tu querida,a cada momentoo

II Caminhada em defesa da liberdade religiosa -Rio


Datas judaicas:

Erev Rosh Hashaná - 18 de setembro - 6ª feira
Rosh Hashaná (manhã) - 19 de setembro - sábado
Rosh Hashaná (tarde) - 19 de setembro - sábado
Tashlich - 20 de setembro - domingo madrugadinha
Rosh Hashaná serviço- 20 de setembro - domingo
segunda- domingo : semana de dias intensos
Kol Nidrei - 27 de setembro - domingo -
Yom Kipur, dia do perdão- 28 de setembro - 2ª feira


Shana Tová U-metuká .Um ano feliz e doce a todos.
----------------------------------------------------------------------------------------

E bem aqui o informe ,depois de Rosh Hashana, o ano novo judaico,no segundo dia de ano novo-5770- acontecera uma caminhada do CCIR na praia de Copacabana -Rio em favor da liberdade religiosa, na luta contra a intolerancia e discriminação a minorias. Lembrando que a pouco mais de um mês, na Zona Oeste Carioca, em Jacarepagua,mais precisamente da localidade denominada de Gabinal, um espaço de Rito Afro-brasileiro e Tenda Cigana foi invadido e parte dos objetos de culto do espaço destruidos.Nesta quinta feira ,dia 17 de Setembro, estivemos (Dror/Chazit/Hillel/Entidades de outros grupos religiosos -Ciganos,umbandistas,...) em panfletagem em favor do ato, no metrô de Copacabana .Junto o deputado do PT-RJ Sr.Ivanir dos Santos.

O fato é que nos ultimos anos,principalmente na zona oeste da cidade aumentou-se a perseguição aos terreiros de candomblé e umbanda ora grupo ligados a traficantes ora milicianos e intolerancia mais direta por -algumas- seitas neo pentecostais
Sobre o CCIR aos interessados o link abaixo (só recortar e acessar)
http://eutenhofe.org.br/index.php?option=com_content&view=article&id=25&Itemid=28

*A Comissão de Combate à Intolerância Religiosa (CCIR) é um movimento sem fins lucrativos formado por diversas organizações religiosas, instituições estatais e vítimas de intolerância religiosa e fundada em março de 2008.
CCIR conseguiu a proeza de fazer com que o coordenador da Inteligência da Polícia Civil do Rio de Janeiro se tornasse membro da Comissão. Em pouco tempo, a Polícia Civil transformou-se em modelo para o resto do país, ao atualizar o sistema de registro de ocorrências com a Lei 7716/89 (Lei Caó), que prevê pena de 1 a 5 anos de reclusão para crimes praticados contra religiosos

14 sep. 2009

Iom Kipur -Dia do Perdão



ימלא פי תהילתךכל היום תפארתךאל תשליכני לעת זיקנהככלות כוחי אל תעזבני

(Extraido y adaptado de Jabad.arg)
El día 10 de Tishrei celebramos Iom kipur, el Día del Perdón,el dia del grande ayuno.En 26/27 Septiembre. Este día sagrado, las personas se presentan ante el Creador del universo, orando y excusándose por las faltas cometidas durante el año, y Éste, en un acto de total misericordia, perdona a sus criaturas.Aunque esta remisión no incluye las faltas perpetradas entre un individuo y su prójimo. Pues las mismas no son expiadas en Iom Kipur, a menos que el que cometió la infracción ofrezca sus disculpas y se reconcilie con su compañero.Estos dos pasos, la reconciliación con D-os y con el prójimo determinarán la suerte que uno correrá en el año entrante.

Por tal razón, si es nuestra intención que el Creador dictamine que este año sea bueno para nosotros, en ese caso, es menester tomar la iniciativa. Será necesario realizar una introspección, reflexionar y determinar sin demoras cuáles serán las mejoras que incorporaremos a nuestro comportamiento.Estas rectificaciones asumidas, deberán orientar básicamente a la obtención de una conducta correcta y honorable, tanto frente a D-os, como frente a nuestros semejantes.

Por tal razón, nada mejor que aprovechar estos días previos, para hacer una revisión de nuestra conducta que tuvimos durante el año transcurrido. Esto nos permitirá tomar conciencia de los errores cometidos y planear acertadamente el futuro.
Esta evaluación mencionada resulta muy productiva. Permitirá encontrar errores olvidados o inadvertidos, a los cuales será posible corregir, lográndose una considerable superación personal.Esta es la base de lo que hay que hacer para que el año que entra sea bueno y próspero. Si tenemos éxito en esta empresa, podremos estar seguros de que el Creador nos beneficiará enormemente, concediéndonos nuestros pedidos. Esto, sin necesidad de atravesar situaciones amargas o penosas para conseguir aquello que precisamos para continuar con nuestra vida, ya se trate de sustento, salud, o cualquier otro tipo de necesidad.

Rosh Hashaná 5770

"Recorda os dias do passado,lembra-os de geração em geração".Devarim

(Extraido y adaptado de jabad.arg)Shana Tová!5770!
En esto 2009 de la era comun hagamos en calendario judio 5770 años.Para el inicio del año hebreo hay dos criterios: según la Biblia, este mes (el de la salida de Egipto: Nisán, (por marzo-abril) os será principio de meses, el primero de los meses del año (Shemot- Éxodo 12.2).Pero posteriormente la tradición judía ha establecido el comienzo del año en el mes hebreo de Tishrei (por septiembre-octubre), cuando se festeja el Año Nuevo Judío o Rosh Hashaná, por considerárselo el mes en que D-os creó el mundo. En este día, según la tradición, fue creado el primer hombre: Adam.

Rosh Hashaná se celebra el primero y el segundo día de Tishrei. Este año que se inicia, el 5770, empieza el viernes de 18 de septiembre de 2009 al atardecer, cuando sale la primera estrella, continuando durante los días 19 y 20 de septiembre.La celebración comienza al anochecer de la víspera con el sonido del shofar, un cuerno que llama a los judíos a la meditación, el auto-examen y el arrepentimiento. Es el primero de los días de oración, penitencia y caridad que terminan con el Yom Kippur (Día del Perdón), que este año comienza el 27 de septiembre al anochecer.

También se lo conoce como el Día del Juicio y como el Día del Recuerdo porque, según la tradición, ese día Dios juzga a los hombres, abriendo tres libros: uno, con los malos (quienes quedan inscriptos y sellados para la muerte), otro, con los buenos (quienes quedan inscriptos y sellados para la vida) y, el tercero, para quienes serán juzgados en el Yom Kippur.Rosh Hashaná (Cabeza del Año), junto con Yom Kipur (Día del Perdón), forman en la tradición judía una unidad llamada Yamim Noraim (Fiestas austeras)

http://www.itongadol.com.ar/shop/detallenot.asp?notid=26968 -
Rosh Hashaná un nuevo con música. Las fiestas son una parte importante de la vida cotidiana: en las calles, en el sistema escolar, en las sinagogas y en los hogares a lo largo de todo el mundo en la vida de cada judío

:

A Atena -Un Mirar en Varela

ימלא פי תהילתךכל היום תפארתךאל תשליכני לעת זיקנהככלות כוחי אל תעזבני

No te salgas de mis brazos sigue hechada asi en la hierba
quiero amarte paso a paso recorrerte como hiedra
No te salgas de mis brazos pues mis brazos no son cadenas
por que quiero que en mis manos de ti se queden llenas

Cuando el sol a mi se este ocultando sé en tus ojos que me brillan las estrellas
sin ti en mi espalda sientire el frio,de la oscura noche que me acerca
Entonces yo te soltaré despacio,de mis brazos ya sin fuerzas
y tu te sacudiras lo pelo para que jamas nadie lo sepa
nos iremos con la alma y con el cuerpo con olor la hierba

Quiero que nos confundamos con el campo y con la tierra
como espiga y como la arbol,como la rama y las hojas secas
Pues cuando el sol a mi se esté ocultando,sé en tus ojos que busco calor,donde brillan las estrellas...
porque en mi espalda siento el frio,de la oscura noche que me acerca...
--------------------------------------------------------
COSAS FRAGILES Y PRECIOSAS NECESITAN UN MANEJO ESPECIAL
D-OS ,SIEMPRE TRATAMOS DE COMPARTIR
LO MAS TIERNO DEL CUIDADO

LAS COSAS SE DAÑAS LAS COSAS SE ROMPEN
PIENSO LAS PALABRAS SE DEJAN SIN SER HABLADAS
ANGELES CON ALAS DE PLATA NO PUEDEN SUFRIR
PIENSO QUE ,PUEDISE TOMAR TODO DOLOR POR TI

REZÉ PARA QUE APRENDAS LA FE ,TENER FE EN AMBOS
Y MANTENGA EN SU CORAZON UN LUGAR PARA DOS
SI D-OS TIENE UN PLAN ,SOLO EL ENTIENDE
ESPERO QUE SEAN TUS OJOS ATRAVES DE LOS CUAL EL VE...
--------------------------------------------------
"El 'si' sé la respuesta...facil cerrar los ojos y no entiender lo que no podras ver..sé dificil sé alguien, pero todo se resolve...deja me llevarte conmigo...deja me en nuestra locura, en nuestro mundo que no sea fantasia...El si se la respuesta...no tiene ningun en mi camino..solo a una...solo a una que hace todo y lo sentido que necesito...Dejame llevarte me conmigo,porque voy a Strawberry Fields Nada es real ,pero sin los soños,nada tenemos para perder el tiempo
Strawberry Fields Forever" -Trecho adaptado de homonima canção dos Beatles

13 sep. 2009

Prés Vestibulares Comunitários do Rio: Restruturaçao e uma I Etapa vencida

Queridos amigos

Os manifestos dos prés comunitários ,as marchas nas ruas e a pressão pela ação trouxeram primeiros resultados. Com muito sacrificio ,mas agora vitoria, nossos espaços em escolas publicas nos foi neste momento devolvido.Porém,queremos mais: restruturar o movimento em meio as novas realidades de politicas governamentais e novas demandas de nossos alunos de comunidades carentes.Deixo em espanhol uma sintese aos companheiros do Ibase e outras organizações que através de seus representantes nos acompanharam. A todos este links dizem um pouco da trajetória nestes ultimos tempos: militancia, manifestos, luta em favor de cotas e a tentativa de propor e por em pratica um modelo pedagogico emancipacionista e coletivo.

Visitem o site/sitio de nuestro movimento,PVNC pré vestibular para negros e carentes:

http://www.pvnc.org/

el acto y manifesto de los pres vestibulares comunitarios en el día 1 de agosto y que aconteció en zona oeste del Rio,Jacarepaguá tuve suceso!Despues de muchas caminadas en años y muchas reuniones!!! En proximo Sabado volveremos a nuestras salas y clases en las escuelas del municipio ,en la ciudad de Rio de Janeiro!!!Sacare las fotos .

En tiempos atras envié un correo electrónico casi identico al grupo de correo ,pero muy extenso. Así, sabiendo de la dificultad de la lengua a muchos, sólo dejo aca entonces esto link/enlaces con el blog que tengo y que he dejado una serie de artículos sobre la cuestión. Tiene fotos y dos pequeños videos a los que deseen hacer el acceso. A quien desear los textos que escrebi están en el blog

Links:
http://vidasmarranas.blogspot.com/

Estoy a revelar a ustedes, porque nuestro movimiento en nuestra lucha toda ayuda se fue precisa y sin embargo la articulacion con otros movimentos.Tenemos 13 anos en Rio y en 3 anos en esta lucha contra las gestiones de prefecturas que enfin con una victoria!!!Hoy ,ahora, la lucha no terminó,pero en otra fase: tambien debemos pensar lo proprio movimiento popular que queda debil ,esvaciado debido las propias politicas del gobierno. Teneremos de cambiar las maneras y medidas de accion ,ampliar la atuacion mismo con otras cuestiones que hablan de actuar en regiones sin presencia del Estado. Sé lo trabajo!

Aquí también en correo anterior comparti un poco de la furia porque nuestra acción en el ministerio público estába bloqueada. Y la prefeitura de la ciudad quieria darnos esmolas. Derecho que tenemos no cambiamos!Y asi despues de reuniones y reuniones volveremos!!! pero no calamos nos en las cuestiones de la necesidade de reformas en los sistema pedagogico y mismo lo proceso neoliberal que privatiza lo sistema de acceso al ensino superior.Siempre,como hicemos,haremos mismo con todas las dificultades de militancia otros eventos en las calles.En novembro lo dia de la conciencia negra esperanos!En un barrio de zona oeste de la ciudad: Praça Seca!

Pero con mucha alegria hago en compartir com uds!
Abrazos.

lectura
http://vidasmarranas.blogspot.com/2009/08/manifestacao-dos-pres-vestibulares.html

lectura texto que tambén quedó en periódico ‘Globo’
http://vidasmarranas.blogspot.com/2009/08/questao-e-luta-dos-pres-vestibulares.html

fotos sacadas -algunas
http://vidasmarranas.blogspot.com/2009/08/imagens-da-manifestacao-dos-pres.html

videos del manifesto en las calles: http://www.youtube.com/watch?v=U1cnP9ELMSQ
http://www.youtube.com/watch?v=33caLz78pqA

fotos de apoyo a Lei de Cotas y tambien actos antes de 2009:
http://vidasmarranas.blogspot.com/2009/08/imagens-de-atos-de-apoio-e-manifestacao.html

por favor repasen lo informe!Gracias!

Conib pede ação do governo contra discurso de Ahmadinejad

Conib pede ação DE GOVERNO contra discurso de Ahmadinejad

A Confederação Israelita do Brasil (CONIB) pede ao governo brasileiro que atue no sentido de impedir que o presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, volte a questionar a ocorrência do Holocausto e a lançar desafios à comunidade internacional, como o avanço do programa nuclear de Teerã e a defesa da destruição de Israel. O dirigente do Irã tem discurso previsto para ser feito na próxima quinta-feira na Assembleia Geral das Nações Unidas, em Nova York.

“O iraniano Mahmoud Ahmadinejad coleciona um melancólico histórico de ocupar tribunas domésticas e internacionais para reverberar disparates inaceitáveis”, sustenta a carta enviada pela CONIB ao ministro das Relações Exteriores Celso Amorim. A entidade, que representa a comunidade judaica brasileira, solicita que governo brasileiro faça “todos os esforços ao seu alcance para impedir que uma tribuna da ONU seja transformada numa plataforma para disseminação de teses inaceitáveis num mundo moderno e democrático. Não é mais possível tolerar que Mahmoud Ahmadinejad continue a tratar com escárnio a comunidade internacional e a democracia.”

A carta lembra que o presidente Lula, ao discursar na abertura da Assembleia Geral das Nações Unidas, vai manter uma tradição de mais de cinco décadas, de reservar a um brasileiro o primeiro pronunciamento deste evento anual. O texto lembra ainda que a sessão da ONU responsável pela criação do Estado de Israel foi presidida pelo brasileiro Oswaldo Aranha, em 1947. No entanto, a ideia de dois Estados, um judaico e outro palestino, para dois povos, encontra resistência em forças políticas adversárias de valores democráticos, como o regime iraniano e alguns de seus principais aliados, interessados em manter um cenário de desestabilização no Oriente Médio.

27 ago. 2009

Repúdio ao racismo no Chile

A comunidade judaica do Chile se solidarizou com a comunidade palestina pelas pichações às suas instituições


Neste sentido, o presidente da CJCh, Gabriel Zaliasnik, emitiu uma nota solidarizando-se com a comunidade palestina, expressando que "a CJCh como tem sido sua posição histórica, repudia qualquer fato ou ato que direta o indiretamente impliquen em qualquer forma de importar o conflito do Oriente Médio ao nosso país".

Assim recebi o informe da Agencia Latina , e que deve ser divulgado.Segundo o informe frases como "Palestina não existe" e "árabe = terrorista" foram algumas das frases que apareceram pichadas no muro do Colégio Árabe e do Clube Palestino, no final do mês de julho, fatos que foram, imediatamente, condenados e repudiados pela comunidade judaica do Chile (CJCh).Vale lembrar que ha uma estimativa de que haja no Chile entre 500-800 mil,descendentes de árabes palestinos ,a maior colônia fora da Asia.

"Ambas comunidades -palestina e judaica- tem a obrigação de contribuir com a manutenção e aprofundamento dos laços de amizade que, ao longo de mais de 100 anos, tem se desenvolvido no Chile, e pelo mesmo não podemos permitir sob pretexto algum, que nossa convivência possa vir a ser abalada por ações de terceiros. Desejamos a paz para nossos povos e devemos mostrar nosso exemplo de paz e fraternidade no Chile", concluiu Zaliasnik.

26 ago. 2009

(hoy no soné)

hoy soñé que millones de años son transición,
Hoy soñé que el centro del daño ,no se acercó.
Por cada risa que debo y tú no estás,
Yo sé podré borraria lo que tú recuerdas,
si juntos somos como D-os.

Hoy soñe que tus manos me llevan, que eres mi voz!
Por cada risa que debo y yo no estoy,no más...
(Por cada risa que debo y tú no estás)
Yo sé podré ,borraria lo que tú recuerdas
(yo sé podré yo borraria lo que tú recuerdas)
Si juntos somos como D-os.
(si mi ataste al cielo,como olvidar?fuimos como angeles.
siameses)

Yo sé,pudiese borraria lo que tú recuerdas
Si juntos somos en D-os

miercoles ,26 agosto .2:00 a.m

siempre el aire vuelvo
al espacio que quedó,
Oye las palabras
Que algún día recordó,
las que canto,canción son.

y aunque hayas escuchado esta canción
que todos quieren tu amor
Todos quieres saber como sos
Que sentís donde estas
Y las cosas que vas a hacer

Y aunque ya hayas escuchado de muchos esta canción
y muchos mirado en tus ojos como yo
y aunque siempre tengas deseos y la soledad
lo que dicho fue toda verdad
no me dejes estar fuera de voz
no me sueltes por favor

25 ago. 2009

Porque ainda ser de Esquerda?

Ou o desabafo apos o festival de cachorrices no senado e as opiniões dos tradicionais e cegos conservadores.Ou arranjando desculpas-e das boas-para permanecer no PT,quando muitos estão abandonando é o barco...

Apoiado no fim do "socialismo real" e em certo desencanto com o governo do PT, o pensamento conservador alardeia o fim das fronteiras entre esquerda e direita. E no entanto, elas ressurgem em toda parte: por exemplo, na resistência ao Bolsa Família, às cotas nas universidades e à ação do MST

As vezes penso."Perco tempo dentro de minha maneira quase proletario apedeuta e abro alguns livros. Sem a corriqueira masturbação de intelectuais de esquerda que tanto falam, tanto verborragizam deixo lhes a biografia:existem duas obras paradigmáticas à reflexão sobre a díade esquerda-direita, ambas publicadas em 1994: Direita e esquerda — razões e significados de uma distinção política, de Norberto Bobbio e Para além da esquerda e da direita, de Anthony Giddens. Os dois autores,que tenho em mãso via simples copias de xerox, cada qual à sua maneira, buscavam refletir sobre os rumos a serem tomados pelos 'órfãos' do socialismo que, no imediato pós-Guerra Fria, estavam epistemologicamente enlutados pelo que percebiam ser o fim de suas utopias mais caras, ainda sob o impacto do mundialmente famoso artigo de Francis Fukuyama – "O fim da história e o último homem", de 1992. Bobbio defendia a legitimidade da díade esquerda-direita para analisar e entender o cenário político atual. Já Giddens acreditava que o mundo mudou radicalmente e que, por isso, os conceitos de esquerda e direita são anacrônicos. Fukuyama, por fim, dizia acreditar que a humanidade chegara ao seu estágio máximo de evolução com a universalização da democracia liberal ocidental.

Bem, agora cito o que citaram: uma obra menos conhecida entre os brasileiros por nome de 'La Droite et la Gauche – Qu’est-ce qui les distingue encore? [A Direita e a Esquerda - O que ainda as distingue], de Claude Imbert, diretor de redação da revista Le Point e Jacques Juliard, articulista da revista francesa Nouvel Observateur.Isto foi possivel saber via leitura de Le Monde Diplomatique. Segundo o esboço ,cabe bem aqui. É um livro, de 1995, e que é construído na forma de um diálogo respeitoso e construtivo entre dois amigos. Imbert representa o pensamento “de direita” e Julliard o pensamento “de esquerda”. Nessa obra, os autores apresentam um panorama crítico e intelectualmente impecável do que vem a ser a direita e a esquerda num mundo onde a clivagem ideológica bipolar não mais existe.

Carissimos,até podemos pensar que algumas bandeiras da esquerda tradicional sejam anacrônicas para a maioria dos países do "primeiro mundo", que já possuem redes de proteção social e uma política sólida de distribuição de renda, duramente conquistadas no período pós-Segunda Guerra...mas...sempre tem um 'porém',porque ao bel exemplor ,e prazer, vemos na França de hoje uma repetição de discursos que nos são velhos conhecidos, enunciados pelo atual presidente Nicolas Sarkozy, acerca da ineficiência do Estado e da conseqüente necessidade de sua “modernização”. Se Madame Tatcher e Fernando Collor de Mello não estivessem vivos e gozando de boa saúde, era de se imaginar que estivessem encarnados no presidente francês. Ele busca, tardiamente, colocar a França nas regras ultrapassadas do Consenso de Washington, subtraindo da nação francesa um papel mais efetivo que pode, e deve, ter na discussão de alternativas ao modelo hegemônico da atualidade. Atlético, “jovem” e dinâmico, Sarkozy tenta passar a imagem do reformador valendo-se de estratégias discursivas perlocutórias, no intuito de induzir os cidadãos a concordar com a velha novidade de mudanças que visam agradar o sistema financeiro internacional.

Lula versus Chávez? Quem vê a esquerda sul-americana dividida "esquece" que a região não é homogênea

Na América Latina, por outro lado, os líderes de esquerda mais expressivos do momento, Evo Morales e Hugo Chavez, efetuam o retorno a um discurso castrista que, na visão de muitos analistas, é um anacronismo impensável dentro de padrões contemporâneos. Mas de qual contemporaneidade estamos falando? Um capitalismo predatório só pode ser amenizado com uma esquerda mais incisiva. Talvez estejamos assistindo, em tempo real, um conjunto de situações históricas de um passado que insiste em se fazer presente. Posto que a situação sócio-política da América Latina difere, e muito, daquela dos países desenvolvidos, podemos perguntar aos críticos de Chavez e Morales se conhecem as bases absurdamente arcaicas que o capitalismo ainda possui nesses países e o trabalho que seus chefes de Estado vêm fazendo no sentido de resgatar sua soberania, o poder sobre seus recursos naturais e sua dignidade no cenário internacional.Alias precisassem conhecer um pouco mais da periferia do proprio Brasil

A propósito dessas diferenças, em um badalado artigo publicado na Foreing Affairs, em 2006,de quem guardei 'um recorte e cole dos bons',proletario apedeuta que sou prezo me em dizer das fontes que copio. Afinal,somente os intelectuais que pensam, não o é?jamais plagiam. Nesta Jorge Castañeda se propôs a explicar ao público leitor de língua inglesa que existem duas esquerdas na América Latina – uma moderna e outra populista. O primeiro grupo teria em Lula e na presidente chilena Michelle Bachelet seus principais representantes; o segundo, seria encabeçado por Chávez e Morales. O que talvez tenha escapado à compreensão de Castañeda é que o Brasil e o Chile são países mais modernos e desenvolvidos do que o são a Venezuela e a Bolívia.E as formas distintas de racismos e exploraçao pelos europeus distintamente sofreram. Portanto, é de se esperar que nos dois primeiros a esquerda tenha modernizado seu discurso e sua plataforma. Já na Bolívia, o país mais pobre da América do Sul, e na Venezuela, que vive quase que exclusivamente de renda de petróleo, o suposto populismo do qual seus governantes são constantemente acusados talvez seja uma resposta ao populismo fundamentalista de mercado que varreu a América Latina no período crítico da globalização e que piorou significativamente os índices sociais dos países mais vulneráveis ou mais adesistas às novas orientações — como a Argentina, por exemplo.

Falando especificamente da realidade brasileira, após a ascensão do Partido dos Trabalhadores (PT) ao poder, as forças de esquerda passaram por uma séria crise de identidade, quase como um processo de luto da utopia perdida. Aquilo que esperavam do primeiro governo de esquerda brasileiro não se concretizou — ou seja, um reforma estrutural profunda em relação às regras rígidas do neoliberalismo mundial. Não foram poucos os intelectuais que se alternaram em posições ora extremamente críticas, ora extremamente lenientes, na avaliação do governo Lula, principalmente nos eventos recentes. Se levarmos em conta as opiniões dominantes na grande mídia, o Brasil enfim teria descoberto a corrupção, o clientelismo e outras práticas supostamente nascidas com o governo petista — malgrado os quinhentos anos de “cultura da cordialidade” que parecem ter sido esquecidos pelos neo-oposicionistas do momento.

No Brasil, cotas nas universidades e Bolsa-Família despertam o elitismo arraigado entre as elites

E ,um titulo provocativo ou ao modo de 'pimenta nos olhos dos outros e´refresco'.
No Brasil contemporâneo, a díade esquerda/direita adquire caracteres bem mais amplos e sutis do que a possibilidade de uma mudança radical de um modo de produção capitalista para uma economia socialista. Existem componentes periféricos que não podem ser negligenciados nesse debate. Cabe à esquerda ficar alerta às tentativas de distorção e neutralização de seu conteúdo programático, que freqüentemente chegam disfarçadas em cientificismos, pseudo-humanismos e uma gama infinita de argumentos retóricos e assustadoramente tributários do senso comum. Ao reconhecermos as diferenças entre os sistemas econômicos de exclusão dos países latino-americanos, estendemos o nosso olhar à necessidade imperiosa de ações que revejam o legado capitalista em nossa história.

Elas se dão na forma de algumas proposições políticas atuais que enfrentam um alto grau de reação por parte da mídia e da inteligentsia brasileira. Convidam a perguntar o que nos faz atores políticos de esquerda em um país como o Brasil, que não empreende medidas rupturais profundas em relação ao seu modelo econômico — e possui sérias limitações internacionais de atuação?

Reforma Agraria

Pensamos que o posicionamento de um cidadão frente a cotas nas universidades públicas, programa Bolsa Família e reforma agrária é um bom indicativo de suas posições políticas: se são de esquerda, ou de direita. Acreditamos que o engajamento de esquerda no Brasil passa (não exclusivamente, mas necessariamente) pelo posicionamento favorável a essas políticas. Ser a favor, nem sempre significa ser 100% a favor. Não esperamos que alguém seja ingênuo para pensar que a política de cotas, o programa Bolsa Família (PBF) e a atuação do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) em prol da reforma agrária não sejam passíveis de críticas. Mas essas não podem paralisar um debate maior sobre a brutal desigualdade social brasileira.

Cotas

A atual política de cotas envolve importantes mudanças políticas rumo à redução de desigualdades históricas. Isso não significa que as cotas irão apagar, como num passe de mágica, os séculos de exploração e injustiças praticadas contra os afro-descendentes brasileiros. Mas representam, sim, um avanço importantíssimo que provoca reações incríveis por parte daqueles que compõem a nossa direita.
Os Diogos Mainardis, alimentos permanentes ao preconceito contra a modesta redistribuição de riqueza.Alias tenho vergonha da turma que bate palmas a este sujeito que insiste em analizar a sociedade brasileira la da Suiça.Que direito ele tem?Turma do passaporte. Facil esta, facil se vai. Se este velhaco ao menos descesse ao seu cafofo no luxuoso Morumbi Paulista e admirar as favelas proximas...

E estes recorre-se ao conceito de meritocracia para negar a validade da política de cotas. Ora, desde quando a meritocracia reina neste país? (veja o artigo escrito anteriormente: (leitura Brasil-escravidao-aboliçao,parte I-porque sou a favor das cotas http://vidasmarranas.blogspot.com/2009/08/historia-do-brasil-escravismo-e.html ) Se respondermos positivamente a essa pergunta, seremos forçosamente conduzidos a uma conclusão evidente de que pobres e negros estão na situação vulnerável em que se encontram por sua própria culpa, e que nossas elites trabalharam duro para chegar onde estão – no topo da pirâmide de um país com um dos piores níveis de distribuição de renda do mundo.

Assistimos, espantados, as mais sofisticadas descobertas científicas que revelam a forte carga genética européia contida em nossos negros, que não seriam tão negros quanto pensam e, logo, a política de cotas seria uma fraude. Outros alegam, alarmados, a introdução oficial do racismo no Brasil, a incitação ao ódio inter-racial e outras pérolas. Elas denunciam um mal-estar significativo frente à hipótese de um negro sentar-se ao lado daqueles que julgam ocupar o lugar de núcleo pensante de nossas universidades públicas por conta, única e exclusivamente, de seus méritos.

E a situação poderia ficar pior, caso nossos negros, além de tudo, queiram dar uma outra interpretação à nossa história: não aquela positivista, heróica e branca, em um país cuja dívida com índios, negros, pardos e mulatos ainda precisa ser paga.
Outro argumento contrário à política de cotas baseia-se no entendimento de que deveríamos melhorar a educação de base, para que egressos de escolas públicas e privadas estivessem em nível de igualdade ao fim do Ensino Médio. Certamente essa é uma ótima idéia, mas quantas décadas, ou mesmo séculos, precisaríamos esperar para que pudéssemos presenciar os resultados dessa medida? Esse tipo de proposta parece um típico discurso brasileiro utilizado quando se quer deixar as coisas como estão: alegar a necessidade de algo mais profundo quando se tem a urgência de algo imediato. O resultado final é que, geralmente, nada é feito.

Bolsa Familia não é Bolsa Preguiça

Outro passo coerente é o posicionamento em relação ao Programa Bolsa Família (PBF), que efetua uma transferência direta em favor das famílias em situação de pobreza (com renda mensal por pessoa de R$ 60,01 a R$ 120,00) e extrema pobreza (com renda mensal por pessoa de até R$ 60,00), de acordo com a Lei 10.836, de 9 de janeiro de 2004 e o Decreto nº 5.749, de 11 de abril de 2006. Novamente, nesse caso, assistimos à santa à santa indignação daqueles que afirmam que o ideal seria um programa de geração de empregos. Para eles, o PBF é esmola e estimula a vadiagem de quem, ao invés de produzir, contenta-se com o dinheiro “fácil” recebido mensalmente.

Em um país que ocupa uma posição vergonhosa em termos de distribuição de renda — o décimo mais desigual do mundo — não deveria uma solução dessas ser aplaudida como algo que visa reduzir minimamente a nossa brutal desigualdade, em um arremedo de estado de bem-estar social que nunca tivemos, já que pela percepção da facção radical de nossos representantes liberais, pobre só é pobre porque é vagabundo? Para entender como se processa essa apreensão tão rasteira da realidade, temos as colunas do caricato Diogo Mainardi e seus seguidores, que fornecem dados semanais à ignorância e ao preconceito de nossos conservadores anônimos, ou nem tanto.

Resgate da dignidade dos mais pobres: o que a mídia faz questão de esconder sobre o MST.

Para a Midia e elite é tudo 'baderneiro'.Cito Rousseuau:maldito o dia que um montou a cerca e disse:é meu.Qual maior premissa que direito a vida?É defender a propriedade privada???

O Bolsa Família restitui a dignidade de muitas famílias que são beneficiadas pelo programa. Sim, mas existem distorções, dirão alguns, “tem gente que está trabalhando e ainda assim está inscrito no PBF, recebendo regularmente o benefício”. Logo, o programa deve ser extinto. Dentro dessa linha de raciocínio, deveríamos extinguir também o INSS, o SUS, quem sabe até o Congresso Nacional, e todas as instituições passíveis de corrupção nesse país e deixar o incorruptível e isento mercado dar o rumo às nossas vidas – embora os liberais mais esclarecidos já não compactuem com semelhante discurso.

Não ignoramos a urgência de medidas que visem a resolução estrutural de problemas nacionais e que tornariam desnecessário o Bolsa Família, tais como a redução nas taxas de juros, a criação de novos postos de trabalho com o incentivo ao capital produtivo entre outras medidas de médio e longo prazo. Contudo, não são excludentes à aceitação do PBF como uma medida eficaz de redução da desigualdade em curto prazo.
E, finalmente, a reforma agrária e sua expressão maior no país: o MST, que, para alguns (de esquerda), simboliza a luta pela justiça no campo, e para outros (de direita), são os Talibãs tupiniquins, inimigos do agro-business, ameaças à sacra propriedade privada e aos latifúndios formados “meritoriamente” no decorrer de nossa história.

O MST é internacionalmente conhecido e respeitado como o maior e mais organizado movimento pela reforma agrária do mundo. Mas aqui, os sem-terra são demonizados pela grande mídia, que se concentra tão somente no fato de haver ocupações de terra, cuja violência é sempre parte da reação dos fazendeiros na proteção de seus direitos sagrados à terra de que o próprio Deus parece ter-lhes passado a escritura.Demonizo os latifundiarios.E os estragos que fazem via especulaçao, monopolios, exploraçao do exercito de reserva...

Jamais se mostra, em qualquer mídia, o trabalho social engendrado pelo movimento, que ajuda pessoas em estado de miserabilidade total, alcoolistas e candidatos ao lumpensinato, rumo ao pertencimento a um grupo e ao compartilhamento do sonho de uma vida mais digna.

Não se está negando que o MST cometa alguns excessos e que possui falhas – são suficientemente denunciados casos de famílias que ganham terra, vendem e voltam de novo para a fila. Mas como esperar, em um país onde todas as instituições de Estado são falhas, que um movimento social seja perfeito? Nossa situação agrária é herdeira do passado colonial desse país. Nossos latifúndios prosperaram durante séculos com a mão de obra de escravos que foram jogados à margem da sociedade quando da mudança para a mão de obra assalariada e européia (não é difícil perceber a relação entre a luta pela reforma agrária e as políticas de cotas ...).

A essa situação agrária retrógrada e concentradora de renda e a esses latifúndios cuja construção histórica passou longe de qualquer meritocracia, o MST é uma justa resposta. Vem exercendo uma resistência pacífica contra a injusta distribuição de terras, denunciando ao Brasil e ao mundo há décadas que somos um país vergonhosamente desigual.

A díade esquerda/direita está mais viva do que nunca, ainda que exista um imenso esforço rumo a um consenso centrista radical que nega a validade de posicionamentos mais assertivos.


Michel Foucault afirmava que “onde há poder, há resistência”. Quanto mais vertical e impermeável se apresenta esse poder, mais se necessitam ações que não obstruam um tensionamento político necessário para que os dados continuem rolando, sob pena de cair no totalitarismo em suas múltiplas formas.

Direitos não são concessões, são conquistas. Talvez atores políticos como Hugo Chavez e Evo Morales e programas de cotas, PBF e reforma agrária nos termos propostos pelo MST não sejam indicados no Canadá, Noruega, Inglaterra e outros países onde o capitalismo se mostra mais domesticado e reformado. Mas dentro da realidade brasileira e latino-americana, essas ações sustentadas pela esquerda e pela maioria de seus apoiadores tornam-se uma real esperança de superação de desigualdades. Para que sejam dispensáveis no futuro, são atualmente imprescindíveis.

Terra ,trabalho e liberdade.

Foi um desabafo daqueles de pobre rapaz latino americano.Talvez nunca fale destas coisas nos espaços que devessem escutar um pouco desta realidade:&*¨%$@!

24 ago. 2009

'I just died in your arms tonight'/and the 'Precious'

(playing The Angel)'I just died in your arms tonight'

http://www.youtube.com/watch?v=fsLzVhAC-JA
Precious and fragile things
Need special handling
My God what have we done to You?

We always try to share
The tenderest of care
Now look what we have put
You through

Things get damaged
Things get broken
I thought we'd manage
But words left unspoken
Left us so brittle
There was so little left to give

Angels with silver wings
Shouldn't know suffering
I wish I could take the pain for you

If God has a master plan
That only He understands
I hope it's your eyes He's seeing through

Things get damaged
Things get broken
I thought we'd manage
But words left unspoken
Left us so brittle
There was so little left to give

I pray you learn to trust
Have faith in both of us
And keep room in your hearts for two

Things get damaged
Things get broken
I thought we'd manage
But words left unspoken
Left us so brittle
There was so little left to give
Depeche Mode ,Precious

23 ago. 2009

Badad

O homem é feito do barro,
Tão facil ele ,ao pó que escoe
Tão facil teme e volta
Tão rápido se declina e contempla o mar
ao pó,ao pó
com o que se depara

porque o amanhã?
não podemos saber o que há de ser o amanhã
contudo é dificil constantemente ser forte

E este homem se exaspera
Se cala ,distancia-se
quebrou o espelho ,e a eira volve-se
Retornar a sua propria destruição?

Badad,Badad
Alone, alone...
Caminhamos a cada noite
O retorno é sempre um caminho dificil
É sempre uma orla
De um mar ou abismo
Um mundo menos real que o sonho intangivel?

Bem verdade quando a sorte é lançada
São perolas lançadas ao mar
(as ondas também levam)
à refrega,cada manhã

20 ago. 2009

LatinoAmerica:plural y en busqueda de su verdadera emancipacion

(en portunhol)

Con el acto realizado sobre la Amia,y la convocatoria de muchos parlamentares de paises de latinoamerica,veamos que los Parlamentos de los países hermanosde Latinoamérica asi debesen representar la voluntad de los pueblos y encarnar a la Democracia .O asi debemos tambien hacer.La grand midia por veces, muchas, tergiversa las informaciones y mismo promoven golpes y aliena nuestra gente. Todavia,creo,en una campana conjunta,com uso de la midia alternativa, presion en nuestros grupos de accion y no calarmo nos almilitarismo evidente en Colombia,la interferencia americana en aquello pais, posicionarmonos contra el golpe en Nicaragua, contra mismas dimaciones en Venezuela en que muchos grupos desean crear un clima de desestabilizacion yunto lo gobierno. Todos como hermanos somos todos responsables de definir el andamiaje legal de cada uno de los países, y por asi tenemos la responsabilidad institucional central para defender la convivencia democrática, construir sociedades pluralistas y a cuidar de los derechos humanos.En espacio menor, jamas dejar de hablar y por asi escrebir una otra historia de nuestra America,una historia en que la gente comun en busqueda de protagonismo por siclos impedido

Aun pensando sobre los actos de Amia debemos recordar que todos somos responsables por cada uno. Lo propio acto traje la verdad que independiente de religion o etnia pertenecemos todos a esta tierra.Cada cual con sus historias ,historias muchas caladas pelo colonialismo que perduro y arrancó milliones de sus raizes ,como caso de africanos y a otros milliones massacro fisicamente o culturalmente ,caso de los pueblos amerindios.Entonces, escribo, aca,al mismo tiempo sensibilizado por el dolor de los que sufriron el acto de terrorismo, sin cualquier metafora,vimos que como se logró reinstalar la vida en antigo predio donde se sembró la muerte, en nuestra America ,hoy ,descolonizada,debemos seguir en lucha para que procesos de emancipaçao ,hoy no mas de Estados, pero de individuos,por cuestiones muy más de las necesidades personales, sean alcanzadas.Por asi debemos reafirmar el compromiso de trabajar activamente en cada uno de nuestros países para aportar a la prevención y el combate del todas formas de exclusion, y no solo cuestiones tan amplias que debaten tanto lo terrorismo internacional,y esto un flagelo que atenta con la vida, la convivencia y la democracia,pero sin antes mismo tratar de cuestiones pontuales ,o premisas basicas que tratan de la salud, salud de jovenes,da mujer,control de doenzas, mejor educacion publica, aceso a educacion superior, trabajo digno,etc

Aca tiento hacer una critica construtiva al mirar la realidad tan simples y por veces no vista.Se al terrorismo se lo combate con la Democracia y con el imperio de la ley, por ello, es central el rol de los Parlamentos al momento de legislar y asi de definir los instrumentos con lo que contarán los Estados para prevenir y evitar que ataques como el de AMIA se puedan repetir.Pero no solo. Asi como en lines atras escrebi,debemos actuar contra aun problemas de ordene social y de estructuras.Al desigualdad se combate con politica publica y verdaderas acciones que ayuden nuestra gente de muchas origenes,y en lo combate a cualquier discriminacion de color, religion o genero.

Por asi todos, exhortamos a multiplicar los esfuerzos para que la Justicia alcance a los responsables.De la cuestion de Amia, y muchas otras que olvidan se como casos de desaparecidos aun de las dictaduras de los anos 70-80,el caso Ycua Bolanos en Paraguay ,terrible incendio en que protagonizo el poder de interese comercial en detrimiento de la vida humana.Y por asi muchos casos y procesos de ocultacion contra la propia justicia en paises hermanos ,comoen Brasil,como veamos en los poderes paramilitares en ciudades como Rio y asi abusos contra los derechos humanos y mismo la libertad politica. Apelamos aca la cooperación de la comunidad como un todo.Todos debem tener el derecho de compartir las luchas y no más renderse a las manchetes de TV o periodicos que ocultan las otras historias.Vamonos en la búsqueda de Justicia y en el combate contra contra toda forma de violencia moral o fisica contra nuestra gente. Que nuestras acciones sean no solo en palabras ,pero tambien en acciones practicas.Si en palabras,pero yunto a discusiones,a participacion con intuito de en charlas y comunicacion, colocar en practica o que muchos solo hacen en teorias.

El siglo XXI encuentra la América Latina en su búsqueda de cumplir su vieja aspiración de alcanzar una sociedad más justa con democracia, y que en tengan asi los valores supremos de la Convivencia, Paz y Justicia!

Armando Aguiar



ימלא פי תהילתךכל היום תפארתךאל תשליכני לעת זיקנהככלות כוחי אל תעזבני

"Mas dizem os meus motejadores:Que poderias tu,se és um só ,contra tantos? Só deploro ser esmagado pelo número,contudo esses vossos pensamentos e palavras ainda mais refervem meu interior e bradar que é impiedade ter piedade de ímpios,soberbos,contumazes e obstinados.Vencerei-os pela argumentação" Uriel da Costa

19 ago. 2009

EM HOMENAGEM VÍTIMAS DO TERRORISMO NA ARGENTINA-O 18 de Julho em 18 de Agosto

En homenaje a las victmas del terrorismo en la Argentina,sobre lo acto de 18 de Julio en 18 de Agosto (ayer)

Uma comitiva brasileira, integrada por deputados e líderes do ishuv, participou nesta terça-feira em Buenos Aires do ato em homenagem às vítimas do atentado contra a sede da Asociación Mutual Israelíta Argentina(AMIA), que matou 85 pessoas em 1994.Cerca de 3 mil pessoas,entre elas a presidente da Argentina Sra Cristina Kirchner, compareceram à cerimônia, realizada em frente ao prédio, reconstruído, da AMIA

Realizado 15 anos após o maior ataque terrorista da história argentina, o ato incluiu em seu programa o Encontro Internacional de Parlamentares, organizado pelo Congresso Judaico Latino-americano (CJL), que é presidido pelo brasileiro Jack Terpins. O evento contou com a presença de congressistas do Brasil, Argentina, Chile, Colômbia, Paraguai e Uruguai, que, além de homenagearem as vítimas do atentado, debateram formas de combate ao terrorismo.

A comitiva brasileira foi composta por Henry Chmelnitsky, vice-presidente da Confederação Israelita do Brasil (Conib),e deputados entre eles o deputado federal Maurício Rands(PT-PE).Maurício Rands, que após um ano de mandato na liderança do PT (2008 a 2009) tornou-se membro da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional da Câmara dos Deputados “foi um ato de solidariedade importante que nós fizemos, (...)Ficamos junto aos familiares em um ato muito bonito. Evidentemente que nós queremos que a comunidade internacional apóie estas investigações e os pedidos de capturas que têm sido feitos pelo procurador da Argentina, já com a aceitação da Interpol”.

Na segunda-feira, os participantes do encontro parlamentar puderam conversar com pais de algumas vítimas e esclarecer os detalhes da investigação com o promotor responsável pelo caso, Alberto Nisman.

“Os familiares das vítimas colocaram o quão mal se sentiam como argentinos, pois o que aconteceu não foi uma ação apenas contra os judeus, mas contra o Estado argentino, uma agressão nacional. O promotor do caso colocou dados importantíssimos, como a maneira que foram dificultadas as investigações”, relatou Henry Chmelnitsky. Ninguém está preso ou condenado pelo ataque terrorista contra a AMIA, que, além de matar 85 pessoas, deixou mais de 300 feridos.

O presidente do CJL, Jack Terpins, considera "de suma importância relembrar ano a ano, esta tragédia, não só como lembrança à memória dos que pereceram, mas como um chamado à justiça, pois passados 15 anos, os culpados seguem impunes, e caso nada seja feito, abre-se um precedente para que atos como esse possam se repetir.

kol hakavod.
e valeu companheiro!