4 jun. 2009

Os veios rasgados na América

Parafraseando o célere livro de Eduardo Galeano, As veias abertas da América, posto em anexo dois artigos e resenhas a respeito dos processos de exploração e emancipações que sucedem se no Novo Mundo. Veios aqui lascerados, abertos,expostos a terra nua sob o suor e sacrifico de negros e indios.Veios do ouro e prata nas mãos dos espanhois, veios do ouro das Gerais e o ouro verde extraido pela açucarocracia e cafeiculturores nos latifundios ,desde a colonização ao séc XIX ,e ainda as explorações evidenciadas em midia nos dias de hoje.

Não obstante cabe delinear o processo de dependencia economica que por mais de um século ataviou a vida dos que se situam abaixo da fronteira do Rio Grande-México,ao sul do Grande Irmão,os EUA. Em conjunto a Revolução Francesa e os processos e marchas na Europa,durante o auge da Revolução Industrial. Nisto inclui-se o Brasil,de 1822 aos ano 90 do séc XX e alguns exemplos de antagonismos e protagonismos da plebe.

"Os homens nascem e permanecem livres e iguais quanto aos direitos. As distinções sociais só podem ser baseadas na utilidade comum.A finalidade de toda associação política é a preservação dos direitos naturais e imprescritíveis do homem. Tais direitos são a liberdade, a prosperidade, a segurança e a resistência à opressão.(...)"

Façam upload visitem o blog e acessem o link.Quem fizer download,deixe recado,se possivel.

Sobre Revoluções Liberais e Processos emancipatorios na América

http://www.badongo.com/file/15493978 Photo Sharing and File Hosting at Badongo.com

Brasil –Do Império ao Neoliberalismo dos anos 90,séc XX.

http://www.badongo.com/file/15493975 Photo Sharing and File Hosting at Badongo.com
Abraços.
A.

"O capitalismo concorrencial viveu crises de conjuntura cíclicas,(...)As crises econômicas tornam-se cada vez mais agudas, até o colapso de 1929,quando o Estado planejador contemporâneo surge historicamente. Já o socialismo constitui a contrapartida à ordem burguesa e imperial montada ao longo do século XIX. O Manifesto comunista, as Internacionais Operárias e a Comuna de Paris indicavam que o mundo do trabalho buscava uma Nova ordem social."

"Junto com a democracia chega o liberalismo ,doutrina econômica e política do capitalismo que se enfraquecera após a crise mundial dos anos 30. Essa combinação de democracia política liberal e dirigismo estatal na economia torna-se responsável, entre anos 50 e 80, pela afluência das sociedades de consumo e bem-estar social (welfare state)."

"Nos anos 80, porém, a crise econômica e os novos parâmetros de produtividade e rentabilidade estabelecidos pela revolução tecnológica colocam em questão o Estado de bem-estar e as políticas de benefício social: Estado mínimo, desregulamentação do trabalho, privatizações, funcionamento do mercado sem interferências estatais, cortes nos benefícios sociais. Tal política econômica passou a ser conhecida como neoliberal e no final dos anos 80 passa a ser receitada para a América Latina e se acentuaria no Brasil com a privataria e desmonte do Estado no governo de FHC (posse em 1995)."

1 comentario:

Anónimo dijo...

grande gaeleano...