21 feb. 2009

Reflexão com verso de versos

Um assunto e outro...

“É a dificuldade de não apenas discutir, mas a apreensão ao agir , por que no ensejo as coisas grandes, esquecido assim do detalhe que alicerça a estrutura do mundo torna o deus idolatra do capital a semente que permeia um jardim de disparidades entre os homens”

“É admitir-se , tendo certeza de si, para não excluir a outrem. Eu abro a porta, pois acrescentará a sua vinda e não me tomará o que de mim , tenho certeza”

"Ele sempre vinha e seguia. Não podia decidir-se por que o trecho era estreito, a unica incerteza é se existia à ele aquele caminho. Envelheceria parado, observando o percurso"

Das-Kafka.

-------------------------

Que aconteceu com o menino
Não éramos todos bons?

Se não aparo as arestas,
Com a vergonha n’alma
Este é o meu castigo
O meu castigo...

Queria alivio
Ou queria desistir
Da ilusão de estar
Eternamente perto

Posso tocar se quiser?
Posso tocar se quiser?

E sempre etereamente à parte

Tempos de vender
A alma a um deus cego
E esperar pela graça
De viver e morrer
De viver e morrer

1 comentario:

Anónimo dijo...

parece musica! legal
vc toca ou tem banda coisa assim?