19 feb. 2011

A Alex...

Do tio Alex Melo, desde Rio de Janeiro Brasil

"Ontem um menino que brincava me falou
que hoje é semente do amanhã...
Para não ter medo que este tempo vai passar...
Não se desespere não, nem pare de sonhar
Nunca se entregue, nasça sempre com as manhãs...
Deixe a luz do sol brilhar no céu do seu olhar!
Fé na vida Fé no homem, fé no que virá!
nós podemos tudo,
Nós podemos mais
Vamos lá fazer o que será"

(gonzaguinha)
OBRA-PRIMA

Aos olhos do Pai
Você é uma obra-prima
Que Ele planejou
Com suas proprias mãos pintou
A cor de sua pele
Os seus cabelos desenhou
Cada detalhe
Num toque de amor


Você é lindo demais
Perfeito aos olhos do pai
Alguém igual a você não vi jamais
Príncipe lindo demais
Perfeito aos olhos do Pai
Alguém igual a você não vi jamais

Do pai Armando:

Pequeno tesouro
E suave tocar suas maos
Cristal frágil
Parece quebrar se quase ao toque mínimo
Veludo carne orelhinha e dedos
Que parecem papel
cristal jóia pedacinho do céu

Meu filho
Cresça
Conheça o mundo
Não tema o que é seu

Num 2 de janeiro que nublou
Uma segunda feira de sustos
Humilde
Em nossos caminhos
Nada mais que um pequeno e magro pacote de um quilo e gramas
No dia 3 veio em amor e esperança
Te amava ainda no ventre de sua mãe
Chorei quando doeu
Vulnerável o vi
E ainda mais amei
Já tens nome e família
E em mim a promessa de amor eterno
De ti mais de um tanto
Inteiro te necessito

No hay comentarios.: